PUBLICIDADE
Topo

Copa do Brasil - 2022

Com mistão, Fla sofre gol de bicicleta, mas vira e vence Altos na Copa BR

Do UOL, no Rio de Janeiro

01/05/2022 20h01

Classificação e Jogos

Após ter jogado no Chile no meio da semana e com um compromisso na Argentina na próxima quarta-feira (4), o Flamengo estreou na Copa do Brasil hoje (1), contra o Altos, pela terceira fase da competição, com um time misto e venceu de virada por 2 a 1, em Teresina, no Piauí. O Rubro-Negro sofreu um gol de bicicleta de Manoel, mas virou com Pedro e João Gomes.

Agora o time de Paulo Sousa volta o foco para a Copa Libertadores, quando enfrentará o Talleres no dia 4. A equipe é a líder do Grupo H e tem 100% de aproveitamento. Já o Altos encara o Botafogo (PB), na Paraíba, no sábado (7), pela Série C, onde está na zona do rebaixamento e ainda não somou nenhum ponto.

Ayrton Lucas vai mal na estreia

Em sua estreia com a camisa do Flamengo, o lateral esquerdo Ayrton Lucas não teve uma boa atuação. O jogador pareceu sem ritmo de jogo e errou em algumas tomadas de decisões.

O melhor - Manoel

Maior artilheiro da história do Altos, Manoel foi o nome do jogo. Chutou uma bola no travessão e fez um golaço de bicicleta, não se intimidando com o Flamengo.

O pior - Léo Pereira

O zagueiro do Flamengo cedeu muitos espaços e não conseguiu encaixar a marcação, fazendo com que o Altos chegasse com perigo no ataque.

No travessão!

Aos 28 minutos do primeiro tempo, Manoel tabelou com Marconi, recebeu um grande passo e "enfiou o sapato". A bola explodiu no travessão e o Altos quase abriu o placar no Albertão.

Golaço de bicicleta!

Maior artilheiro da história do Altos, Manoel abriu o placar no Albertão com um gol de placa, de bicicleta, sem chances para o goleiro Santos.

Pedro empata ao seu estilo

O Flamengo empatou com um gol de Pedro ao seu estilo, no oportunismo e bom posicionamento, após Bruno Henrique fazer um bom desarme e fazer um grande passe.

João Gomes vira para o Fla

O Flamengo chegou à virada aos 33 minutos do segundo tempo quando David Luiz fez uma grande cobrança de falta, a bola bateu na trave, deu rebote e, após bate e rebate, João Gomes empurrou para o fundo do gol.

Atuação do Altos

Jogador do Altos-PI faz gols de bicicleta sobre o Flamengo na Copa do Brasil - Reprodução/Amazon Prime Video - Reprodução/Amazon Prime Video
Imagem: Reprodução/Amazon Prime Video

O Altos foi um time valente em Teresina. Não se preocupou apenas em se defender e explorou muito bem os contra-ataques, criando oportunidades e fazendo uma partida digna.

Atuação do Flamengo

Bruno Henrique, do Flamengo, finaliza contra o Altos-PI na Copa do Brasil - WESLLEY DOUGLAS/UAI FOTO/ESTADÃO CONTEÚDO - WESLLEY DOUGLAS/UAI FOTO/ESTADÃO CONTEÚDO
Imagem: WESLLEY DOUGLAS/UAI FOTO/ESTADÃO CONTEÚDO

O Flamengo encontrou muitas dificuldades em Teresina. Com um time misto e desentrosado, o Rubro-Negro não conseguiu construir jogadas de qualidade e chegou mais no "abafa", construindo a virada por conta de sua superioridade técnica.

Técnico do Altos rouba a cena

Em sua estreia pelo Altos, o técnico Francisco Diá roubou a cena. Aos 22 minutos do primeiro tempo, uma bola saiu pela lateral em sua direção, e ele fingiu que devolveria e deu uma finta, enganando os jogadores e garantindo aplausou até mesmo de Diego, do Flamengo. A torcida foi ao delírio.

Torcida do Fla lota o Albertão

A torcida do Flamengo lotou o Albertão e fez uma grande festa para a delegação rubro-negra esgotando os ingressos.

FICHA TÉCNICA

ALTOS 1 X 2 FLAMENGO

Local: Albertão, em Teresina (PI)
Árbitro: Flavio Rodrigues de Sousa (Fifa/SP)
Auxiliares: Alex Ang Ribeiro (SP) e Fabrini Bevilacqua Costa (Fifa/SP)
Cartões amarelos: Fábio Aguiar (ALT)
Cartões vermelhos: Nenhum
Gols: Manoel, aos 16 minutos do segundo tempo (ALT); Pedro, aos 20 minutos do segundo tempo (FLA); João Gomes, aos 33 minutos do segundo tempo (FLA)

Flamengo: Santos, Rodinei, David Luiz, Léo Pereira e Ayrton Lucas (Marcos Paulo); Daniel Cabral (João Gomes), Igor Jesus (Lázaro) e Diego; Marinho (Victor Hugo), Bruno Henrique (Petterson) e Pedro. Técnico: Paulo Sousa.

Altos: Marcelo, Ferrari (Danilo), Lucas Sousa, Fabio Aguiar e Dieyson; Marconi (Lídio), Tibiri (Bruno Leite), Diego Viana e Elielton (Danilo Bala); Manoel (Dieguinho) e Betinho. Técnico: Francisco Diá.