PUBLICIDADE
Topo

Futebol

OPINIÃO

Texto em que o autor apresenta e defende suas ideias e opiniões, a partir da interpretação de fatos e dados.

Rocha: 'Sousa herdou de R. Gaúcho um elenco quebrado e no limiar físico'

Colaboração para o UOL, em Aracaju

29/04/2022 04h00

O Flamengo bateu a Universidad Católica por 3 a 2, ontem (28), pela terceira rodada da Libertadores, e manteve a liderança e o aproveitamento de 100% no Grupo H. Gabigol, duas vezes com assistências de Bruno Henrique, e Lázaro fizeram os gols da vitória. Apesar do importante resultado, a equipe caiu muito de rendimento no segundo tempo e flertou com o empate. Entre os motivos da queda de desempenho, um deles saltou aos olhos: o físico.

Na Live do Flamengo, transmitida pelo UOL Esporte após os jogos do Mengão, os jornalistas André Rocha e Renato Maurício Prado analisaram a oscilação da equipe durante as partidas. Segundo Rocha apurou com fontes ligadas ao clube, o técnico Paulo Sousa herdou uma "terra arrasada" do seu antecessor, Renato Gaúcho, e a situação física do elenco rubro-negro é crítica.

"O Paulo Sousa e a comissão técnica receberam terra arrasada da parte física desses jogadores, não é algo que se resolve com férias, é consequência de um trabalho feito de forma errada, a preparação física e a fisiologia eram equivocadas, ruins. Por isso chegou quebrado no final do ano passado."

"Há um protecionismo em relação ao Departamento Médico do Flamengo e no ano passado também tinha em relação à preparação física: muita gente próxima de dirigente que continuava trabalhando de forma errada. O Paulo Sousa chegou, recuperou alguns protocolos de prevenção e saúde e está tentando recondicionar o elenco. Esse time vai continuar tendo lesões, problemas, tem problema crônico envolvido nisso, o time vive no limiar, os jogadores estão no limiar de ter lesões musculares", detalhou o colunista do UOL.

Rocha explicou que a debilidade física do elenco foi o principal motivo de Paulo Sousa ter substituído de uma só vez Arrascaeta, Everton Ribeiro e Bruno Henrique no início do segundo tempo contra a Católica. Para ele, a cena será cada vez mais frequente e o treinador vai precisar escolher jogos e competições no restante da temporada.

"É uma série de problemas que está estourando agora com a sequência dos jogos. Os jogadores estão no limiar do desgaste com lesões por conta do legado que o Paulo Sousa recebeu, o buraco pelo que apurei é muito mais embaixo. O Paulo Sousa não abre mão da intensidade e está arriscando trocar os jogadores para manter o time em pé em campo para essa sequência de jogos."

"O Flamengo nessa temporada vai ter que dar uma de Abel Ferreira, esquece o Brasileiro, joga pelo G-6 e foca nas Copas. O elenco é desequilibrado e está quebrado, não tem solução com essa sequência de jogos, o Paulo Sousa tenta equilibrar mas o caso é muito grave pelo que herdou do ano passado", completou Rocha.

A próxima edição da Live do Flamengo será no domingo (1º), logo após a partida contra o Altos-PI, pela Copa do Brasil. Você pode acompanhar a live pelo Canal UOL, no app Placar UOL, na página do Flamengo no UOL Esporte ou no canal do UOL Esporte no YouTube.

Futebol