PUBLICIDADE
Topo

Brasileirão - 2022

Diego Souza faz três gols, Grêmio bate Guarani e vence 1ª na Série B

Diego Souza comemora primeiro gol do jogo: atacante marcou três vezes e garantiu vitória gremista - Maxi Franzoi/AGIF
Diego Souza comemora primeiro gol do jogo: atacante marcou três vezes e garantiu vitória gremista Imagem: Maxi Franzoi/AGIF

Jeremias Wernek

Do UOL, em Porto Alegre

21/04/2022 18h27

Classificação e Jogos

Diego Souza uma, duas e três vezes. Hoje (21), o Grêmio venceu a primeira na Série B do Campeonato Brasileiro com três gols do centroavante - que voltou de lesão muscular e encerrou em grande estilo o jejum do ataque gremista. O camisa 29 decidiu o duelo com o Guarani, em Porto Alegre, que terminou com placar de 3 a 1. A vitória, no entanto, não foi fácil. O clube de Campinas teve chances claras para balançar as redes mais vezes e parou no goleiro Brenno.

O primeiro gol saiu logo com um minuto de jogo, mas o Guarani empatou ainda no primeiro tempo com Matheus Pereira. Antes do intervalo, Diego Souza fez 2 a 1. E na etapa final, o centroavante marcou o terceiro.

A primeira vitória faz o Grêmio dar um salto na tabela. Agora, o time gaúcho soma quatro pontos e ocupa a terceira posição, dependendo de resultados paralelos para colocação ao final da rodada. O Guarani, por outro lado, segue no fim da tabela. Apenas um ponto em três jogos disputados na Série B.

Mais do que isso. Depois de empatar sem gols contra a Ponte Preta, em Campinas, e perder para a Chapecoense por 1 a 0 em casa, o Grêmio acaba com a série de jogos sem marcar. A falta de pontaria da equipe foi muito criticada nos últimos dias.

Na próxima rodada, o Grêmio visita o Operário-PR e o Guarani recebe o Criciúma. Os dois jogos acontecem na quarta-feira (27).

Quem foi bem: Brenno

Goleiro do Grêmio fez duas defesas decisivas. Ambas dentro da área. Na primeira, evitou o gol de Júlio Cesar ao saltar com braços e pernas abertos para bloquear o chute. Na segunda, espalmou cabeceio perigoso de Matheus Pereira.

Quem decepcionou: Campaz e Elias

No primeiro tempo, colombiano ficou fora do jogo. Ofensivamente e também na hora de ajudar a defesa. Levou bronca após o empate do Guarani, por não acompanhar o adversário. No intervalo, Elias Manoel entrou no lugar de Campaz e manteve o ritmo: perdeu chance incrível de gol na arrancada do segundo tempo.

Diego Souza supera Renato Gaúcho

O centroavante chegou a 76 gols com a camisa do Grêmio, somando as duas passagens. Oito gols na atual temporada. Com o número total, Diego Souza supera Renato Portaluppi na lista de goleadores do clube. Contra o Guarani, se mostrou extremamente importante para o time — assim como foi em 2020 e em alguns momentos de 2021.

Grêmio dá falsa impressão e sofre

No primeiro ataque, gol. O Grêmio fez, com míseros 58 segundos, tudo que não tinha conseguido nos jogos anteriores da Série B e deu uma falsa impressão de que a tarde seria tranquila. Depois de abrir o placar, o time gaúcho trocou a pressão alta pela espera. E viu o Guarani criar. A defesa gremista não conseguiu fechar espaços e o meio-campo teve enormes dificuldades em construir, seja em contra-ataque ou não.

No desempenho do Grêmio, destaque (além de Diego Souza) para o lateral esquerdo Nicolas. O jogador deu duas assistências e uma delas com participação de outro jogador importante na partida: Bitello.

Guarani explora os lados e causa efeito dominó

Com a desvantagem no escore e a bola à disposição, o Guarani espetou o jogo pelos flancos e se deu bem. Aproveitou a falta de cobertura do Grêmio e gerou desencaixe em toda defesa gremista em grande parte do primeiro tempo. O efeito dominó deu origem a três chances claras de gol. Mas só uma delas terminou no fundo da rede.

Bruno José e Matheus Pereira foram peças importantes para manter o Guarani no jogo, especialmente até o início da etapa final. O camisa 17 foi autor do cruzamento que terminou com o gol do time visitante e depois gerou mais jogadas agudas. O lateral atacou bastante.

FICHA TÉCNICA

GRÊMIO 3 X 1 GUARANI

Data: 21 de abril de 2022, quinta-feira)
Horário: 16h30 (horário de Brasília)
Local: Arena do Grêmio, em Porto Alegre (RS)
Público: 22.649 pessoas (21.313 pagantes)
Renda: R$ 869.039,00
Árbitro: André Luiz de Freitas Castro (GO)
Auxiliares: Edson Antônio de Sousa (GO) e Hugo Xavier Correa (GO)
VAR: Rodrigo D'Alonso Ferreira (SC)
Cartões amarelos: Diego Souza, Villasanti (GRE); Derlan, Giovanni Augusto, Vilela (GUA)

Gols: Diego Souza, a um minuto do primeiro tempo e aos 40 minutos do primeiro tempo e aos 15 minutos do segundo tempo; Matheus Pereira, aos 25 minutos do primeiro tempo.

Grêmio: Brenno; Edilson (Rodrigo Ferreira), Geromel, Bruno Alves e Nicolas (Diogo Barbosa); Villasanti, Lucas Silva, Bitello, Campaz (Elias Manoel) e Gabriel Teixeira (Janderson); Diego Souza (Ricardinho). Técnico: Roger Machado

Guarani: Maurício Kozlinski; Diogo Mateus (Lucas Ramón), João Victor, Derlan e Matheus Pereira; Leandro Vilela (Índio) e Rodrigo Andrade; Bruno José, Giovanni Augusto (Marcinho) e Júlio César (Yago); Lucão do Break (Nicolas Careca). Técnico: Daniel Paulista