PUBLICIDADE
Topo

Flamengo

Flamengo espanta drama da Libertadores e torna Maracanã um porto seguro

Gabigol comemora seu gol pelo Flamengo contra o Talleres, pela Libertadores - Staff images /CONMEBOL
Gabigol comemora seu gol pelo Flamengo contra o Talleres, pela Libertadores Imagem: Staff images /CONMEBOL

Leo Burlá

Do UOL, no Rio de Janeiro

13/04/2022 11h19

Classificação e Jogos

Até a campanha vitoriosa de 2019, a Libertadores era um pesadelo para os torcedores do Flamengo. Vexames, eliminações e derrotas em casa viraram uma rotina amarga que teve um ponto de virada a partir do ano mágico.

Após vencer o Talleres por 3 a 1, o Rubro-negro provou novamente a sua força no torneio continental e consolidou o Maracanã como sua fortaleza. Com o triunfo de ontem, o Fla completou 15 jogos sem derrota em seus domínios e ultrapassou os 3 anos de invencibilidade. Essa sequência inclui dois jogos como mandante no Mané Garrincha e consolida um novo patamar de um clube que passou a ser temido pelos adversários do continente.

O último revés havia sido no dia 3 de abril de 2019, quando a equipe comandada por Abel Braga foi batida pelo Peñarol por 1 a 0. De lá para cá, os rubro-negros somam 12 vitórias e três empates, com 46 gols marcados e apenas nove sofridos.

O triunfo diante dos argentinos amenizou o clima no clube e trouxe uma injeção de ânimo para todos. Depois do duelo, o semblante carregado dos últimos dias deu lugar a expressões de alívio.

"A vontade tem sido determinante. Tecnicamente e taticamente podemos não estar perfeitos, mas as coisas acontecem com humildade e solidariedade", disse o técnico Paulo Sousa.

"A única resposta que a gente pode dar é no campo. Queria enfatizar que nunca teve panela, foi muito falado neste momento complicado. Temos a plena consciência que só juntos vamos sair dessa situação", acrescentou Everton Ribeiro.

Depois de consolidar a ponta no Grupo H, o Fla volta suas atenções para o Brasileiro. No domingo (17), o Fla recebe a visita do São Paulo, às 16h, no Maracanã.

Série invicta

6x1 San José/2019

2x0 Emelec/2019

2x0 Internacional/2019

5x0 Grêmio/2019

3x0 Barcelona/2020

4x0 Independiente Del Valle/2020

3x1 Junior Barranquilla/2020

1x1 Racing/2020

4x1 Unión La Calera/2021

2x2 LDU/2021

0x0 Vélez Sarsfield/2021

4x1 Defensa y Justicia/2021

5x1 Olimpia/2021

2x0 Barcelona/2021

3x1 Talleres/2022

Flamengo