PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Mbappé brilha e faz golaço em vitória da França contra África do Sul

Mbappé comemora após marcar para a França contra a África do Sul - Pascal Rossignol/Reuters
Mbappé comemora após marcar para a França contra a África do Sul Imagem: Pascal Rossignol/Reuters

Colaboração para o UOL, em São Paulo (SP)

29/03/2022 18h08

A França recebeu hoje (29) a África do Sul, no estádio Pierre Mauroy, em um amistoso internacional preparatório para Copa do Mundo do Qatar, e venceu com tranquilidade por 5 a 0. Kylian Mbappé foi o grande destaque, já que marcou um golaço, sofreu e converteu um pênalti e participou diretamente do gol de Giroud. Ben Yedder fez o 4° e Guendouzi, no apagar das luzes, deu números finais ao jogo marcando o 5° gol francês.

O próximo compromisso da França é contra a Dinamarca, no Stade de France, em 03 de junho. A África do Sul, por sua vez, não tem compromissos marcados e, diferentemente da França, não está classificada para Copa do Qatar.

França amassa África do Sul

Como o esperado, a França assumiu a bola e amassou a África do Sul desde o primeiro minuto de jogo. Com variações de jogada e Mbappé querendo jogo, a França empurrou os visitantes para o campo de defesa, mas teve um pouco de dificuldades em transformar o domínio de posse de bola em chances claras de gol.

Mbappé abriu o placar aos 22 minutos depois de bom cruzamento de Griezmann e falha da zaga sul-africana, que não conseguiu cortar a bola e deixou o atacante livre. Mbappé, do bico da grande área, finalizou muito bem e acertou o ângulo de Williams para marcar um golaço e abrir o placar.

A África do Sul, encurralada, não conseguiu manter a posse de bola, muito menos pressionar a França, que segurou o ritmo e ampliou o placar com Giroud, aos 33, depois de boa roubada de bola de Mbappé na saída de bola sul-africana. A França não sofreu e quase não permitiu que os visitantes fossem ao ataque, fazendo boa partida e vencendo com tranquilidade o primeiro tempo.


Segundo tempo para virar goleada

A dinâmica do jogo na segunda etapa foi a mesma, com a França forçando o jogo e testando suas armas ofensivas, enquanto a África do Sul tentava resistir ao volume de jogo dos mandantes, que tinham um ritmo mais tranquilo. Além de forçar as jogadas em Mbappé, Griezmann articulou o meio-campo francês e a seleção usou muito Clauss, lateral-direito do time, que chegou com muita força e repetidas vezes ao ataque.

A França, mesmo em marcha lenta, obrigou o goleiro Williams a fazer boas defesas, chegou com perigo e esbarrou na trave em algumas oportunidades. Defensivamente pode-se dizer que a França não precisou fazer nenhum esforço, assim como na primeira etapa.

Mesmo mais devagar e dosando o ritmo do jogo na etapa complementar, a França finalizou mais de 25 vezes e, aos 27 minutos, teve um pênalti marcado em cima de Mbappé, que bateu e converteu. A França ainda ampliou o placar com Ben Yedder, que apenas empurrou para o gol sem goleiro após escanteio cobrado e boa ajeitada de cabeça de Pogba.

Mudau, da África do Sul, entrou no segundo tempo e nos últimos minutos de jogo ainda foi expulso após forte entrada de sola em Digne. Com a França satisfeita e a África do Sul entregue, nem houve confusão, as duas seleções relaxaram, mas Mbappé, sempre ligado, fez boa jogada pelo lado e achou Guendouzi na entrada da área, o volante bateu colocado e fez o quinto gol francês no último minuto do jogo.

Mbappé voltou; Benzema segue fora

O atacante Kylian Mbappé retornou hoje à seleção depois de não jogar o amistoso contra a Costa do Marfim, que foi vencido pela França por 2 a 1. Mbappé está recuperado de uma infecção e pode jogar normalmente.

Karim Benzema, que retornou à seleção após muitos anos fora, nem sequer foi convocado, mas o motivo é uma lesão na panturrilha esquerda, que também vem tirando o atacante dos jogos do Real Madrid.

Sul-Africanos perderam, mas chegaram animados

Como é tradicional, a delegação da seleção da África do Sul chegou ao vestiário do estádio Pierre Mauroy muito animada, cantando músicas tradicionais e esbanjando carisma.

França chega forte para Copa

Antes do amistoso contra os africanos, a seleção francesa já vinha de uma sequência de seis vitórias consecutivas e perdeu um jogo pela última vez em junho de 2021, quando caiu nos pênaltis para a Suíça na Eurocopa.

Nas Eliminatórias para Copa do Mundo, a França caiu no Grupo D, que não contava com seleções muito tradicionais. Apesar de se classificar sem perder um único jogo, a França somou apenas 18 pontos depois de vencer cinco jogos e empatar três. Finlândia, Ucrânia, Bósnia-Herzegovina e Cazaquistão também estavam no grupo.

África do Sul fora da Copa

A África do Sul não se classificou para a Copa do Qatar. Apesar de somar 13 pontos no Grupo G, mesma pontuação da líder Gana, a África do Sul fez um gol a menos e, por conta desse critério de desempate, não avançou às fases finais das Eliminatórias Africanas à Copa do Mundo.

O último jogo da África do Sul foi um amistoso contra Guiné, que terminou empatado e sem gols marcados. No geral das últimas cinco partidas antes do amistoso contra a França, a África do Sul ganhou duas, perdeu duas e empatou uma.

FICHA TÉCNICA

França 5x0 África do Sul

Campeonato: Amistoso
Estádio: Estádio Pierre Mauroy, em Villeneuve d'Ascq, na França
Dia: 29/03/2022
Hora: 16h15
Árbitro: Sandro Schärer (SUI)
Assistentes: Stephane De Almeida (SUI) e Bekim Zogaj (SUI)
VAR: -
Gols: Mbappé 22/1T e 30/2T (FRA), Giroud 33/1T(FRA), Ben Yedder 37/2T (FRA) e Guendouzi 46/2T (FRA)
Cartões amarelos: Rabiot (FRA) Xulu (AFS)
Cartões vermelhos: Mudau (AFS)

França: Maignan; Saliba, Varane (Koundé) e Kimpembe; Clauss (Nkunku), Kanté (Diaby), Rabiot (Guendouzi) e Digne; Griezmann (Ben Yedder), Mbappé e Giroud (Pogba). Técnico: Didier Deschamps.

África do Sul: Williams; Mobbie (Shandu), Xulu, Sibisi e Lyle Lakay (Mudau); Mokoena (Mosele), Mvala e Monare; Fagrie Lakay, Foster (Makgopa) e Hlongwane (Dolly). Técnico: Hugo Broos.

Futebol