PUBLICIDADE
Topo

Eliminatórias Europeias

Desastre inacreditável: Imprensa italiana lamenta Itália fora da Copa

Berardi lamenta derrota da Itália para a Macedônia do Norte pelas Eliminatórias Europeias - Matteo Ciambelli/DeFodi Images via Getty Images
Berardi lamenta derrota da Itália para a Macedônia do Norte pelas Eliminatórias Europeias Imagem: Matteo Ciambelli/DeFodi Images via Getty Images

Do UOL, em São Paulo

24/03/2022 19h38

Classificação e Jogos

A imprensa italiana lamentou a derrota da Itália para a Macedônia do Norte, hoje, por 1 a 0, que acabou com as chances da Azzurra disputar a Copa do Mundo de 2022, no Qatar. Para a imprensa local, o que aconteceu no Estádio Renzo Barbera, em Palermo (ITA), foi um "desastre inacreditável".

O gol de Aleksandar Trajkovski nos acréscimos encerrou o sonho italiano de retornar ao Mundial, já que eles também não se classificaram para a edição da Rússia, em 2018. Ao todo, a Itália superou 30 finalizações na partida, mas não conseguiu balançar a meta de Dimitrieviski.

A "La Gazzetta Dello Sport" destacou as inúmeras oportunidades desperdiçadas pelo ataque italiano, apontou a derrota como um "desastre" e deu "adeus" ao Mundial do Qatar. Para o veículo, a Itália "mereceu ficar de fora da Copa do Mundo. Estamos de volta ao apocalipse".

Itália - Matteo Ciambelli/DeFodi Images via Getty Images - Matteo Ciambelli/DeFodi Images via Getty Images
Imagem: Matteo Ciambelli/DeFodi Images via Getty Images

O "Corriere Dello Sport" adotou discurso semelhante e lamentou o "inacreditável" revés italiano em casa. "Uma eliminação incrível, tão inesperada que chega a ser surpreendente. (...) Veremos o show no Qatar como espectadores", apontou o veículo.

O Tuttosport por sua vez apontou a repetição do "pesadelo" para os italianos, que pela segunda vez consecutiva estão fora da Copa do Mundo.

Além da imprensa italiana, o capitão italiano Giorgio Chiellini apontou que a derrota em casa é uma "grande decepção".

"É difícil explicar. É uma grande decepção. Ainda hoje fizemos uma grande partida em que perdemos o gol. Não fomos presunçosos. Certamente nos faltou alguma coisa. Cometemos erros de setembro até hoje e pagamos por eles. Estou orgulhoso dessa equipe, é óbvio que estamos decepcionados e destruídos. Temos que começar de novo. É difícil comentar rapidamente. Há um grande vazio e espero que isso dê aquela energia para recomeçar. Temos que começar de novo para vencer novamente e voltar ao topo e em quatro anos ir para a Copa do Mundo", disse Chiellini após a derrota em casa.