PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Jogadores transferidos da Rússia e da Ucrânia não poderão jogar na Alemanha

Mensagem no telão antes da partida na Bundesliga - Reprodução/Twitter
Mensagem no telão antes da partida na Bundesliga Imagem: Reprodução/Twitter

Colaboração para o UOL, em São Paulo

18/03/2022 18h58

Na semana passada, a Fifa autorizou os clubes a contratarem jogadores estrangeiros das ligas ucraniana e russa, que foram suspensas devido à guerra entre esses países. Apesar disso, a Federação Alemã de Futebol (DFB) decidiu proibir as equipes alemãs de fazerem uso dessa opção.

Mesmo com a autorização excepcional da Fifa, a DFB negou que nesta temporada os clubes alemães contratem jogadores estrangeiros de entidades russas e ucranianas para partidas oficiais. O objetivo da entidade é "preservar a integridade das competições".

"A Federação Alemã de Futebol discutiu intensamente a possibilidade aberta pelo Conselho da Fifa de contratar jogadores estrangeiros de clubes ucranianos e russos após o período de transferência II (de 1 a 31 de janeiro) e da possibilidade de usá-los na temporada atual. As autoridades responsáveis DFB decidiram após cuidadosa consideração de que essas opções não serão permitidas neste momento na Alemanha", diz o comunicado oficial.

No entanto, a Federação Alemã deixou claro que isso está restrito aos jogos oficiais e, se tiverem oportunidade, estes jogadores poderão treinar ou jogar amistosos pelos times alemães.

"De acordo com o regulamento geral de transferências, jogadores de todas as idades têm a oportunidade de participar de treinamentos e amistosos em clubes receptores imediatamente após uma transferência fora da janela", completou a nota.

Futebol