PUBLICIDADE
Topo

Futebol

OPINIÃO

Texto em que o autor apresenta e defende suas ideias e opiniões, a partir da interpretação de fatos e dados.

Mauro: Flamengo fará proposta pelo Cebolinha, mas a contratação é difícil

Do UOL, em São Paulo

28/01/2022 17h39

A contratação do atacante Marinho pelo Flamengo não significa que ele seja o substituto para Michael, vendido ao Al Hilal, da Arábia Saudita. Nos próximos dias, o clube deve investir na tentativa de se reforçar também com Everton Cebolinha, que joga atualmente pelo Benfica.

No podcast Posse de Bola #197, Mauro Cezar Pereira afirma que Marcos Braz deve retornar à Europa com a missão de tentar a contratação do ex-jogador do Grêmio, mas considera que o torcedor não pode se empolgar, já que o negócio é difícil até pela forma como ficou a relação entre o Flamengo e o Benfica quando os dirigentes foram atrás de Jorge Jesus.

Ouça também o boletim do Posse com Arnaldo e Tironi; exclusivo na Apple Podcasts

"Provavelmente na próxima semana o Marcos Braz vai voltar a Portugal, o Flamengo vai tentar de fato agora o Cebolinha. Não fez nenhuma proposta, pela minha apuração, até agora, até porque a estratégia do clube é esperar o final da janela europeia, que vai fechar no dia 31, que é segunda-feira, e aí partir para o ataque no sentido de tentar jogadores lá de fora. Por que isso? Para não ter que disputar jogador com clubes europeus", diz Mauro.

"Vai tentar o Cebolinha, o que é muito difícil, eu acho que o torcedor do Flamengo não deve se empolgar muito. Custou 22 milhões de euros ao Benfica, existe ali um clima meio ruim entre Benfica e Flamengo, especialmente envolvendo o Marcos Braz, que vai ter que ter uma lábia muito boa, uma conversa muito boa com os portugueses para colocarem de lado todo esse mal estar que ficou por conta do Jorge Jesus", completa.

Além da situação com o Benfica, Mauro Cezar também cita que o jogador não custou barato ao Benfica, outro fator que pode dificultar a negociação para o Flamengo, que também pretende buscar um zagueiro.

"Vai ter que driblar isso tudo para tentar trazer o jogador e é um jogador caro, eu acho muito difícil, mas vai tentar. Além disso, vai tentar aqui no Brasil e fora contratar zagueiro e mais um atacante, pode ser o Cebolinha e pode ser outro. Eu acho muito difícil o Cebolinha, mas o Flamengo vai fazer uma tentativa de contratação desse jogador. Proposta e tudo vai depender muito do que eles conseguirem conversar e de que maneira conseguem desenhar algum modelo", diz Mauro.

Ele pontua que uma forma que o clube poderia tentar de negócio seria algo semelhante ao que o Flamengo fez para ter o volante Thiago Maia, do Lille, comprando um percentual do jogador, além de apontar a Copa do Mundo como um fator que poderia atrair o atacante, que perdeu espaço nas últimas convocações do técnico Tite.

"Pode ser que o Flamengo faça uma proposta parecida, compre a metade dos direitos, o Benfica fica com outra metade, tem a Copa do Mundo, que é um argumento bom, o Cebolinha perdeu espaço para Vinicius, para Antony, para Raphinha, então ele briga por posição, em tese, com esses caras, se ele volta ao Brasil e joga bem em um time brasileiro, de repente tem mais chances de voltar à seleção e se valorizar", diz Mauro.

"É um pacote de argumentos que eles vão tentar colocar para contratar esse jogador, mas as contratações que o Flamengo deve fazer deverão acontecer realmente a partir do dia 1º, terça-feira, por conta dessa estratégia que tem esse lado bom e lado ruim, lado bom é não ter disputa com times europeus e o lado ruim é que o cara pode falar 'agora eu não vendo'", conclui.

Posse de Bola: Quando e onde ouvir?

A gravação do Posse de Bola está marcada para segundas e sextas-feiras às 9h, sempre com transmissão ao vivo pela home do UOL ou nos perfis do UOL Esporte nas redes sociais (YouTube, Facebook e Twitter).

A partir de meio-dia, o Posse de Bola estará disponível nos principais agregadores de podcasts. Você pode ouvir, por exemplo, no Spotify, Apple Podcasts, Google Podcasts, Amazon Music e Youtube --neste último, também em vídeo. Outros podcasts do UOL estão disponíveis em uol.com.br/podcasts.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL

Futebol