PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Após venda de Yuri, Inter foca em peças que faltam para encaminhar elenco

Yuri Alberto, atacante do Inter, vai jogar no Zenit, da Rússia - Ricardo Duarte/Inter
Yuri Alberto, atacante do Inter, vai jogar no Zenit, da Rússia Imagem: Ricardo Duarte/Inter

Marinho Saldanha

Do UOL, em Porto Alegre

28/01/2022 04h00

Yuri Alberto viajou para a Rússia para realizar exames médicos e finalizar sua transferência para o Zenit. A sua saída definitiva, porém, acontecerá só no meio do ano. Depois da conclusão do trâmite legal, ele regressará ao Inter para cumprir vínculo até junho. Com a situação já definida, o Colorado partirá, agora, para definir posições consideradas prioritárias e ainda carentes no grupo.

A reposição para Yuri Alberto não é urgente. Com Wesley Moraes no grupo e contando com os serviços do atacante no primeiro semestre, o clube agirá com calma para buscar outro centroavante. Ainda há Cadorini entre os disponíveis.

O lateral direito Fabricio Bustos também está com acerto definido. Chegará, na pior das hipóteses, em julho. O Inter ainda tenta antecipar o acordo com Independiente e contar com ele imediatamente.

Há duas lacunas que prometem ser preenchidas logo. A primeira é a chegada de um atacante de velocidade. Brian Rodríguez está próximo de acordo após o avanço nas negociações com o empresário do atleta. O tema deve ser definido em fevereiro.

Ainda há na lista de alvos do Colorado a chegada de um volante. Nomes como Gabriel, do Corinthians, e Gustavo Assunção, que voltou ao Famalicão, foram avaliados mas as negociações não avançaram.

Outra posição que deve receber reforço é a zaga. Bruno Méndez tem vínculo apenas até o meio da temporada e a necessidade de uma reposição é estudada nos bastidores do clube.

A venda de Yuri colocará nos cofres do Internacional aproximadamente R$ 90 milhões. O valor corresponde a 65% dos direitos do atleta. O clube gaúcho mantém 10% de uma negociação futura. O atacante assinará por cinco anos no clube russo.

Internacional