PUBLICIDADE
Topo

Futebol

OPINIÃO

Texto em que o autor apresenta e defende suas ideias e opiniões, a partir da interpretação de fatos e dados.

Lavieri: São Paulo entra pressionado pela diretoria com final no orçamento

Do UOL, em São Paulo

27/01/2022 11h58

Classificação e Jogos

O São Paulo estreia hoje (27) no Campeonato Paulista diante do Guarani, a partir das 21h30, no estádio Brinco de Ouro, em Campinas, com o objetivo de defender o título conquistado no ano passado, mas mais do que isso, com a necessidade de repetir uma boa campanha devido à projeção orçamentária feita pela diretoria.

No UOL News Esporte, Danilo Lavieri afirma que, além da pressão pelo fim de temporada ruim em 2021, o orçamento estipulado pela diretoria e a própria cobrança do técnico Rogério Ceni e de Muricy Ramalho por reforços sobem a pressão para o início de campeonato.

"O São Paulo entra pressionado para esse ano porque ganhou o Paulista e tratou como Copa do Mundo, depois acabou lutar do para não ser rebaixado, é um problema muito grande, atrasou salário, enfim, todos os problemas de estrutura que a gente sabe que o São Paulo passou ano passado", diz Lavieri.

"O São Paulo entra também agora em campo pressionado pela própria diretoria, que colocou o Paulistão no orçamento como campeão. É normal um treinador querer e falar que vai ser campeão, outra coisa é a diretoria colocar em uma previsão de orçamento e já contar com essa grana, especialmente com um time que deve tanto dinheiro quanto o São Paulo, o São Paulo não poderia fazer uma previsão de orçamento dessa maneira, contando já com o título do Paulista", completa.

O jornalista acredita que o São Paulo deve apresentar melhora em campo com a chegada dos reforços, mas considera também a cobrança por novas contratações como um problema para o clube, citando que a gestão foi irresponsável na temporada anterior no mercado e hoje sofre as consequências.

"Essas contratações que o São Paulo fez, eu acho que vão melhorar o time, Rafinha e Patrick acho que são as mais interessantes, gosto muito do futebol dos dois, apesar de o Rafinha já estar em uma idade um pouco mais avançada, mas acho que vai ser interessante a experiência que ele traz para o time", diz Lavieri.

"Rogério deu entrevista recentemente falando que ainda precisa de reforço, que ainda gostaria de um jogador para jogar pelo lado esquerdo com velocidade, o São Paulo não trouxe esse jogador, o Muricy disse que ainda precisa de um zagueiro, enquanto isso o Casares se virando ali, rescindindo com o Pablo, com o Vitor Bueno, tentando pagar dívida do ano passado, então o São Paulo inicia essa temporada em meio a um leve caos (?). O São Paulo foi irresponsável no ano passado no mercado da bola e sofre as consequências agora, tentando corrigir esses erros, tentando estancar um pouco a sangria, diminuir a folha salarial, resolver alguns problemas", conclui.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL

Futebol