PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Jogador uruguaio é detido com arma de fogo que seria entregue a torcedor

Jogadores do Palmeiras cercam Nicolas Schiappacasse na partida contra o River-URU, na Libertadores - REUTERS/Paulo Whitaker
Jogadores do Palmeiras cercam Nicolas Schiappacasse na partida contra o River-URU, na Libertadores Imagem: REUTERS/Paulo Whitaker

Colaboração para o UOL, em São Paulo

27/01/2022 11h30

Horas antes do clássico amistoso entre Peñarol e Nacional, ontem (26), na cidade de Maldonado, o atacante Nicolás Schiappacasse, que negociava a extensão de seu empréstimo com o time aurinegro, foi detido pela polícia por carregar uma arma de fogo em direção ao estádio. De acordo com o próprio jogador, o objeto seria uma encomenda da torcida de sua equipe.

Schiappacasse não jogaria diante do Nacional e estava se dirigindo ao estádio para torcer. O atleta pertence ao Sassuolo, da Itália e, em 2021, foi emprestado ao Peñarol. De acordo com a imprensa uruguaia, no entanto, o time aurinegro teria chegado a um acordo com os italianos para a extensão do empréstimo por mais seis meses. Nos últimos dias, ele já treinava com a equipe na pré-temporada.

De acordo com informações do jornal "El Observador", a arma estava escondida no carro e policiais suspeitaram da atitude de Schiappacasse quando passou por um comboio que fazia parte de uma operação. Diante disso, o jogador foi parado e revistado. Uma pistola 9 mm foi encontrada entre peças de roupa que o atleta carregava. Além do atleta, duas mulheres e um homem estavam no carro.

Ignacio Ruglio, presidente do Peñarol, afirmou que o clube aguardará os detalhes sobre o episódio para tomar as decisões sobre o assunto, mas deixou claro que se for confirmado o que foi relatado, o atacante não volta a jogar pelo clube.

"Se as coisas aconteceram como foram noticiadas, ele não volta.Sabemos, claramente, a mensagem que temos que dar. Vamos tomar as decisões que temos que tomar, mas vamos deixar passar as horas para saber o que vamos fazer", disse.

"Lamento que aconteça esse tipo de coisa,, ainda mais neste momento que queremos passar uma mensagem contrária, concluiu.

Carreira

Revelado pelo River Plate-URU, Schiappacasse jogou também pelo Atlético de Madrid B, Parma, Famalicão e Sassuolo. Além disso, ele disputou o Mundial sub-20 de 2019 pela seleção uruguaia.

Futebol