PUBLICIDADE
Topo

Seleção Brasileira

Emerson e Éder Militão levam cartões e desfalcam seleção contra o Paraguai

Emerson Royal disputa a bola com Caicedo na partida entre Brasil e Equador pelas Eliminatórias da Copa - Rodrigo Buendia/Reuters
Emerson Royal disputa a bola com Caicedo na partida entre Brasil e Equador pelas Eliminatórias da Copa Imagem: Rodrigo Buendia/Reuters

Do UOL, no Rio de Janeiro

27/01/2022 19h03

A seleção brasileira tem dois desfalques confirmados para o jogo contra o Paraguai, terça-feira, pelas Eliminatórias da Copa 2022. Por causa dos cartões que levaram hoje (27), na partida diante do Equador, em Quito, o lateral-direito Emerson e o zagueiro Éder Militão estão suspensos para o duelo no Mineirão, em Belo Horizonte.

No caso de Emerson, a ausência se dá por causa da expulsão aos 19 minutos do primeiro tempo. Já Militão levou, também na etapa inicial, um cartão amarelo que também o suspende para a próxima partida — foi o segundo nas Eliminatórias, o que leva à punição automática.

Pelo modus operandi da comissão técnica em casos recentes de suspensão, é possível que Tite convoque um zagueiro e um lateral antes do jogo diante dos paraguaios. Questões logísticas podem fazer com que a preferência seja por jogadores que atuam no futebol brasileiro.

A expulsão de Emerson acontece em uma oportunidade de consolidação na disputa com Danilo e Daniel Alves na Copa do Mundo. O lateral tinha levado o primeiro amarelo ainda nos instantes iniciais da partida. O cartão vermelho para o brasileiro veio minutos depois da expulsão do goleiro equatoriano Domínguez.

Com o vermelho e o balde de água fria, Tite escolheu "sacrificar" Coutinho para a entrada de Dani Alves.

No caso de Militão, a suspensão abre espaço para que Marquinhos volte a formar a dupla com Thiago Silva na defesa. Mas Tite ainda não testou Gabriel Magalhães, que hoje é o quarto elemento da zaga na delegação.

Depois do jogo contra o Equador, que terminou com o empate em 1 a 1, a seleção brasileira chega a Belo Horizonte amanhã (28) pela manhã. O time volta a treinar no sábado, visando ao jogo de terça-feira, marcado para 21h30.

Seleção Brasileira