PUBLICIDADE
Topo

OPINIÃO

Texto em que o autor apresenta e defende suas ideias e opiniões, a partir da interpretação de fatos e dados.

Vitão: 'Em teoria, Sylvinho não será refém de estrelas no Corinthians'

Do UOL, em São Paulo (SP)

22/01/2022 04h00

Ainda em busca de um centroavante de peso para reforçar ainda mais o elenco, o Corinthians tem seu primeiro compromisso pelo Campeonato Paulista 2022 já na próxima terça-feira (25), contra a Ferroviária, em casa. A partida pode marcar a reestreia de Paulinho, que retornou ao Timão e se juntou a outros nomes badalados como Giuliano, Renato Augusto, Róger Guedes e Willian.

Na Live do Mercado da Bola, transmitida pelo UOL Esporte na última sexta-feira (21), os jornalistas Vitor Guedes e Diego Iwata debateram a respeito da estreia do time no ano e como Sylvinho deve lidar com as estrelas no elenco.

"Todos os jogadores contratados pelo Corinthians podem jogar, inclusive o Jô, mas não o jogo inteiro e todos juntos ao mesmo tempo agora. Eu não teria trazido o Paulinho, ele é um ídolo histórico, mas a posição que ele joga é a que o Corinthians menos precisava. Não existe essa de problema bom (para Sylvinho). Problema é problema, solução que é bom", começou dizendo Vitor Guedes.

"Corinthians estreia terça-feira no Paulistão contra a Ferroviária e hoje o Sylvinho deu uma coletiva em que ele falou algumas coisas que a torcida queria ouvir. Primeiro, eu sou um dos que mais faz crítica aos Sylvinho porque eu nunca vi ele fazer nada diferente de um esquema 4-1-4-1, mas hoje ele disse que não é preso nessa formação. Foram 40 jogos dele até aqui e em todos o time apresentou esse sistema. Hoje ele falou isso, então vamos ver na prática", complementou o jornalista.

Em seguida, o comentarista falou a respeito da relação do treinador do Timão com a torcida e com o elenco que comanda.

"Eu fiquei pensando e o Sylvinho não tem moral nenhuma com a torcida para barrar ídolo, mas se ele quiser colocar todo mundo não vai dar jogo. Mas, hoje ele deixou claro que vai ser o contrário. Por exemplo, era muito mais fácil sabendo que o Jô não está bem não colocar o Mantuan, tirar a função do 9 e colocar mais um dos caras. Porém, ele não fez isso. Ele colocou o Cantillo de camisa 5 e o Mantuan".

"Na minha cabeça, além do discurso, ficou claro que ele não vai ser refém de escalar todo mundo, até porque não dá. Não cabe Giuliano, Renato Augusto e os outros porque nenhum marca e, inclusive o Róger Guedes, que é um jogador de lado mais novo, é um atacante que não marca", finalizou Vitor Guedes.

A próxima edição da Live do Mercado da Bola será na segunda-feira (24). Você pode acompanhar a live pelo Canal UOL, no app Placar UOL, na página do UOL Esporte ou no canal do UOL Esporte no YouTube.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL