PUBLICIDADE
Topo

Futebol

United acha gol no último minuto e vence West Ham com assistência de Cavani

Elanga, do Manchester United, disputa bola durante partida contra o West Ham pelo Campeonato Inglês 2021-22 - REUTERS/Phil Noble
Elanga, do Manchester United, disputa bola durante partida contra o West Ham pelo Campeonato Inglês 2021-22 Imagem: REUTERS/Phil Noble

Do UOL, em São Paulo

22/01/2022 13h56

O Manchester United recebeu o West Ham em partida válida pela 23ª rodada do Campeonato Inglês, no estádio Old Trafford, e venceu com um gol no último lance, assistência do uruguaio Cavani. A vitória por 1 a 0 coloca a equipe dentro do grupo dos quatro primeiros do torneio nacional.

Vale destacar que recentemente o atacante Cristiano Ronaldo, craque dos Red Devils, afirmou que não está contente com o desempenho do time e a colocação na Premier League. Para ele, a equipe deveria terminar ao menos na terceira posição, sendo que com essa vitória subiu para a quarta posição, com 38 pontos, um a mais do que o adversário deste sábado.

Agora o United focará suas atenções no jogo contra o Middlesbrough, dia 04 de fevereiro, válido pela Copa da Inglaterra. Já o West Ham jogará a mesma competição porém dia 05, contra o Kidderminster Harries.

Primeiro tempo morno

O primeiro tempo do confronto deste fim de semana teve movimentação intensa dos donos da casa e marcação constante dos jogadores do West Ham, que deram poucos espaços para os Red Devils.

Como consequência, o United precisou arriscar de fora da área mesmo quando a oportunidade criada não era clara. Foram cinco finalizações do time, porém todas elas não acertaram a meta defendida pelo goleiro Areola.

CR7 com dificuldades

A forte marcação do West Ham fez com que o craque português fosse pouco acionado na primeira etapa. Quando conseguia ter a posse de bola, o atacante não conseguia construir uma jogada eficiente que os torcedores do United estão acostumados a ver. Sua melhor chance foi aos 19 minutos quando cabeceou para fora após cruzamento do seu compatriota Bruno Fernandes.

Segundo tempo diferente

A segunda etapa do confronto começou um pouco diferente, com os londrinos se apresentando um pouco mais no campo de ataque. Aos 08 minutos, a melhor chance até então, quando Bowen arriscou de fora da área, com a bola passando muito perto da trave esquerda de De Gea.

Resposta do United

Cinco minutos depois foi a vez do clube de Manchester "tirar tinta" da trave adversária. O zagueiro Varane aproveitou cruzamento do brasileiro Alex Telles e cabeceou firme e quase abrindo o placar no Old Trafford.

Insistência, mas nada

Nos últimos trinta minutos o United continuou tentando marcar o gol que colocaria o time na quarta colocação, porém a estratégia do time continuava obsoleta perante à defesa adversária. Quem ficou mais perto de marcar foi o West Ham, aos 41 minutos, quando Soucek desviou cruzamento de escanteio e por muito pouco não acertou a meta.

Gol no último lance

Quando tudo indicava que a partida terminaria em 0 a 0, o Manchester United fez o gol que mudou tudo. Depois de erro do adversário, Cavani recebeu pela esquerda e cruzou com perfeição para Rashford, que apenou precisou empurrar para dar a vitória aos Red Devils.

Futebol