PUBLICIDADE
Topo

Agente cobra São Paulo na Justiça por direitos de imagem atrasados de Rojas

Rojas comemora gol do São Paulo contra o Sporting Cristal na Libertadores - Alexandre Schneider/Getty Images
Rojas comemora gol do São Paulo contra o Sporting Cristal na Libertadores Imagem: Alexandre Schneider/Getty Images

Eder Traskini e Pedro Lopes

Do UOL, em Santos e São Paulo

21/01/2022 04h00

A empresa Escansette Ltda, de intermediação de negociações no futebol, ingressou na Justiça cobrando o São Paulo por valores referentes a direitos de imagem atrasados do atacante Joao Rojas. Com juros por atraso, o montante é de R$ 110.880,00.

O Tricolor paulista assinou um documento de confissão de dívida em novembro, acordando o pagamento do valor em duas parcelas: 30 de novembro do ano passado e 5 de janeiro de 2022. No entanto, segundo o estafe do atleta o clube não pagou nada. O valor original era de R$ 100.800,00.

Em contato com o UOL Esporte, o São Paulo afirmou que "o clube não foi notificado formalmente". A reportagem ouviu de fontes ligadas à ação que as partes já vem conversando e devem chegar a um denominador comum em breve. O montante é considerado baixo para os padrões brasileiros.

Rojas foi um dos primeiros desligados do Tricolor paulista na reformulação pensada pela diretoria para a temporada 2022. O equatoriano tinha contrato até o fim da temporada, mas deixou o clube antes do fim do Brasileirão, ainda em novembro, após acordo pela rescisão do vínculo.

Pelo São Paulo, Rojas fez 51 jogos e marcou cinco gols. Aos 32 anos, o atacante está perto de retornar ao seu país natal para atuar pelo Barcelona de Guayaquil.