Topo

Patrick relembra caixão no Gre-Nal e não descarta novas provocações no SPFC

Patrick, em entrevista coletiva, na apresentção no São Paulo Imagem: Reprodução

Do UOL, em Santos (SP)

21/01/2022 13h15

O meia Patrick foi apresentado hoje (21) como novo reforço do São Paulo para a temporada 2022. O atleta ex-Internacional assinou contrato até o fim de 2023 e vai vestir a camisa 88. Durante a entrevista, Patrick foi questionado sobre a provocação após vitória no Gre-Nal com caixões e não descartou novas provocações agora com a camisa do Tricolor paulista.

O novo reforço são-paulino afirmou que agiu de acordo com a emoção de um clássico como o Gre-Nal e que quer continuar sendo ele mesmo atuando na equipe do Morumbi.

"Sobre a rivalidade, Inter e Grêmio tem a sua rivalidade. Dentro do contexto, daquilo que acontece, a gente age de acordo com a emoção. Naquela ocasião, a emoção foi aquela, acho que diante dos clássicos, dos jogos que tiver pelo São Paulo, vou continuar sendo eu, vou agir da melhor forma. Se tiver que acontecer alguma coisa (provocação), vai acontecer. Mas é sempre lutar e buscar a vitória com a camisa do São Paulo", disse em entrevista coletiva.

Agora no São Paulo, Patrick será companheiro de dois atletas que estavam do outro lado da provocação do Gre-Nal: o lateral Rafinha e o atacante Alisson. No entanto, segundo o meia, os caixões não foram, nem serão, assunto entre eles no vestiário do Tricolor.

"Não tivemos conversa (sobre os caixões) e não precisamos ter. Estamos em outra fase, já passou. Estamos em 2022, no São Paulo. Falamos do São Paulo. Já para deixar claro: acho que não precisam mais fazer pergunta sobre isso. Rafinha é multicampeão, todo mundo conhece sua história e agora vou ter a honra de tê-lo ao meu lado e vou tentar desfrutar ao máximo da sua qualidade", enfatizou.

O episódio ocorreu no Brasileirão do ano passado, quando o Grêmio estava a beira do rebaixamento para a Série B, consumado ao fim do torneio. Após vencer o arquirrival por 1 a 0 dentro do Beira-Rio, Patrick apanhou dois caixões em azul, branco e preto e se dirigu ao torcedor ao som de "arerê, o Grêmio vai jogar a Série B".

A atitude resultou em confusão generalizada em campo, com briga entre os jogadores. Patrick acabou expulso.

Comunicar erro

Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Patrick relembra caixão no Gre-Nal e não descarta novas provocações no SPFC - UOL

Obs: Link e título da página são enviados automaticamente ao UOL

São Paulo