PUBLICIDADE
Topo

Grêmio

Grêmio monta dossiê e treinos especiais para ter 'melhor versão' de Benítez

Comissão técnica do Grêmio buscou informações com Vasco e São Paulo sobre meia argentino - Lucas Uebel/Grêmio FBPA
Comissão técnica do Grêmio buscou informações com Vasco e São Paulo sobre meia argentino Imagem: Lucas Uebel/Grêmio FBPA

Jeremias Wernek

Do UOL, em Porto Alegre

21/01/2022 04h00

Martín Benítez é a grande aposta do Grêmio, até aqui, para a nova temporada. Além de ser o negócio que exigiu maior investimento do clube na atual janela de transferências, o meia emprestado pelo Independiente-ARG também tem mobilizado a comissão técnica. O clube gaúcho reuniu dados, numa espécie de dossiê, e tem realizado trabalhos especiais para encontrar a "melhor versão" do jogador argentino já no início de 2022.

A contratação de Benítez foi feita baseada na ideia de jogo para a Série B: posse de bola com criatividade no meio-campo e presença na área.

  • De segunda a sexta, às 17h, o Canal UOL traz, ao vivo, as últimas informações do mercado da bola. Inscreva-se no YouTube de UOL Esporte e confira também as lives dos clubes, Posse de Bola e UOL News Esporte:

O cuidado do Grêmio na pré-temporada tem explicação óbvia: a temporada de 2021 do argentino, que foi do status de destaque no Campeonato Paulista até peça fora dos planos de Rogério Ceni no São Paulo.

"A primeira coisa que os departamentos do Grêmio fazem é entrar em contato com os clubes por onde o Benítez passou. Segundo, é a gente ter um treinador que se preocupa com o ser humano. O Mancini teve uma conversa com o Benítez e isso é o primeiro passo para a gente tirar ele de alguns treinos para evitar lesões", disse Reverson Pimentel, preparador físico do Grêmio.

No dia a dia da pré-temporada do Grêmio, Martín Benítez encara circuitos físicos. Realiza trabalhos técnicos. Também está envolvido nas primeiras sessões táticas. Mas já foi avisado que pontualmente poderá ficar fora, justamente para evitar maior desgaste e ter um intervalo.

A parada ajuda o organismo a ganhar resistência e força, sem passar da fadiga para a lesão.

"O pilar do processo é o Mancini e ele entende muito bem. Ele tem uma comissão técnica que divide muito bem os trabalhos. Isso ajuda a fazer os atletas renderem. A gente tem um pilar na pré-temporada que é a verdade. A verdade para o jogador descansar ou verdade para o jogador treinar mais. O Benítez vai ser tratado de forma diferente. Nos últimos clubes por onde passou, a troca de comissão pode influenciar. Aqui no Grêmio, em nove meses, tive quatro comissões. Então as lesões não são culpa só do jogador. (É) Importante é o atleta entender os processos, estar bem. O Mancini tem falado para a gente buscar a melhor versão do Benítez, buscar o que foi feito no melhor momento do Benítez para a gente replicar aqui", comentou Pimentel.

A aposta alta do Grêmio é justamente na pré-temporada sem pressão, com período de 30 dias de preparação, para ter Martín Benítez e todo elenco em bom nível físico. No caso do meia argentino, a expectativa é ainda maior.

Vagner Mancini planeja usar o camisa 8 como um criador de jogadas, pelo centro do campo. Sem perder ritmo e intensidade. O nome de Benítez foi buscado justamente pela ideia de ter um meia mais construtor. Não à toa, o Grêmio topou pagar cerca de US$ 300 mil pelo empréstimo em negociação com o Independiente, da Argentina.

O Grêmio estreia na temporada diante do Caxias, dia 26. Mas nas duas primeiras rodadas do Gauchão o clube será representado pelo chamado time de transição. O debute de Benítez deve ocorrer contra o São José-RS, em 2 de fevereiro.

Grêmio