PUBLICIDADE
Topo

Dudu diz que levaria Endrick para o Mundial e elogia: 'Jogador diferente'

Dudu carrega a bola em duelo do Palmeiras contra o Bahia na Arena Fonte Nova - Jhony Pinho/AGIF
Dudu carrega a bola em duelo do Palmeiras contra o Bahia na Arena Fonte Nova Imagem: Jhony Pinho/AGIF

Colaboração para o UOL, em São Paulo (SP)

21/01/2022 14h54

O atacante Dudu, do Palmeiras, deu uma entrevista gravada para o programa "Jogo Aberto" hoje e foi firme ao dizer que, se fosse o treinador do time ou o presidente, levaria o atacante Endrick, de 15 anos, para o Mundial de Clubes.

"Se eu fosse o presidente, o Abel, eu levaria, sem dúvidas. Ele é um menino, mas já demonstrou qualidade, só não pode colocar muita pressão. Eu levaria, porque ele é um jogador diferente.", disse Dudu.

  • De segunda a sexta, às 17h, o Canal UOL traz, ao vivo, as últimas informações do mercado da bola. Inscreva-se no YouTube de UOL Esporte e confira também as lives dos clubes, Posse de Bola e UOL News Esporte:

Endrick vem se destacando bastante durante a participação do Palmeiras na Copinha e já existe muita especulação sobre gigantes europeus desejarem a contratação dele.

O Palmeiras, por sua vez, identificou que a grande lacuna em seu elenco é a posição de centroavante de área e, durante toda a janela de transferências, vem se esforçando para se reforçar na posição. Sobre o tema, Dudu abriu as portas para um novo atacante chegar ao elenco:

"Todo time está aberto para um jogar de qualidade chegar e iríamos receber ele da melhor forma possível, mas confiamos nos jogadores que temos no elenco."

Em meio a todas essas questões o Palmeiras tem o Mundial para disputar e, ao que tudo indica, não deve conseguir contratar um atacante em tempo e inscrevê-lo no torneio internacional, já que a data limite é dia 24, por isso, surge a opção de Endrick, que já fez treinos com o time profissional, integrar o elenco que vai para os Emirados Árabes Unidos.

Essa é a segunda edição consecutiva que o Palmeiras disputa do Mundial de Clubes, mas o ídolo Dudu não teve a oportunidade de disputar o torneio na temporada passada, por estar emprestado e, sobre a pressão no Palmeiras para conquistar o título, o camisa sete analisou:

"O jogo passa muito pelo lado emocional, você tem que estar muito concentrado e equilibrado. A gente sempre procura ter esse foco e espero que a gente possa estar bem nesses próximos dias para jogar bem tanto no Paulista como no Mundial. Acho que o Chelsea está passando por uma instabilidade, mas a gente sabe a qualidade dos jogadores que eles têm, o treinador que eles têm, que nos últimos dias foi eleito o melhor do mundo. Mas nós temos tudo para estarmos bem preparados para chegar bem no Mundial."

O Endrick e o Palmeiras jogam pela Copinha no próximo sábado, na Arena Barueri, às 19h, em confronto contra o São Paulo válido pelas semifinais da competição. A equipe profissional do Palmeiras, por sua vez, joga no domingo, contra o Novorizontino, fora de casa, às 16h.

O Palmeiras tem até a próxima segunda-feira, dia 24, para inscrever atletas no Mundial de Clubes e embarca para os Emirados Árabes Unidos no dia dois de fevereiro. A estreia nessa edição da competição será no dia oito de fevereiro.