PUBLICIDADE
Topo

Campos sintéticos, iluminação e base: Fla planeja melhorias no Ninho

Fachada do módulo profissional do Ninho do Urubu, centro de treinamento do Flamengo - Alexandre Vidal/Flamengo
Fachada do módulo profissional do Ninho do Urubu, centro de treinamento do Flamengo Imagem: Alexandre Vidal/Flamengo

Leo Burlá

Do UOL, no Rio de Janeiro

18/01/2022 04h00

De olho em melhores condições de trabalho no Ninho do Urubu, o Flamengo espera acelerar obras previstas para o primeiro semestre nos centros de treinamentos do time profissional e da base.

Dentre as melhorias mais imediatas previstas para o local, o Fla colocou entre as prioridades a construção de mais dois campos de grama sintética, a iluminação de todo o CT e reforma da academia destinada aos jovens da casa.

Os Garotos do Ninho ganharão ainda dois campos novos em folha, já que um dos que está em uso será desmembrado em dois, que terão dimensões oficiais. Assim, as divisões de base ficarão com seis campos à disposição.

Pedido de Paulo Sousa, um telão em um campo da equipe profissional já foi instalado e está sendo utilizado para a correção de posicionamento e movimentos em tempo real. Esse foi um dos primeiros pedidos do português em sua chegada.

Telão foi instalado na beira do campo do Ninho, CT do Flamengo - Alexandre Vidal/Flamengo - Alexandre Vidal/Flamengo
Telão foi instalado na beira do campo do Ninho, CT do Flamengo
Imagem: Alexandre Vidal/Flamengo

De acordo com o orçamento rubro-negro, o Fla estima uma injeção total de R$ 8 milhões em obras no Ninho, e há outras intervenções previstas para acontecerem ao longo do ano. Obras na portaria do CT e no portão de acesso estão dentre as prioridades.

Na última temporada, o Fla concluiu uma capela ecumênica para 50 pessoas, iluminação do campo 2, a ampliação do campo de grama sintética, reforma do campo 3 e melhorias no vestiário do profissional e do sistema de aquecimento solar, além da mudança no sistema de irrigação.

As novidades no Ninho já estavam todas previstas e chegam em um momento de mudanças trazidas por Sousa e sua comissão técnica. No departamento médico, o português solicitou a compra de novas tecnologias que auxiliam na recuperação.

O Fla acelerou a aquisição e o Rubro-negro já conta com o WIMU, uma nova geração de GPS que permite monitoramento de dados simultâneos no campo e na academia, e o TMG, aparelho que ajuda na avaliação do potencial de contração muscular.

Batente

Hoje (18), o elenco rubro-negro se reapresenta para mais um dia de trabalho sob o comando do novo treinador. Na outra parte do CT, os jovens que iniciam a disputa do Carioca treinam com o técnico Fabio Matias. Na quinta, os garotos da base fazem jogo-treino contra o Nova Iguaçu.