PUBLICIDADE
Topo

São Paulo e Vitor Bueno discutem rescisão de contrato

Vitor Bueno comemora gol do São Paulo na vitória contra o Santo André, pelo Paulistão - Rubens Chiri / saopaulofc.net
Vitor Bueno comemora gol do São Paulo na vitória contra o Santo André, pelo Paulistão Imagem: Rubens Chiri / saopaulofc.net

Brunno Carvalho

Do UOL, em São Paulo

17/01/2022 19h21

O meia-atacante Vitor Bueno está próximo de ser mais um a deixar o São Paulo. Treinando separado do restante do elenco desde a reapresentação, o camisa 12 negocia com o time do Morumbi a rescisão de seu contrato, que se encerraria no fim de 2023.

A informação sobre a rescisão do contrato de Vitor Bueno foi noticiada pelo "ge" e confirmada pelo UOL Esporte.

Vitor Bueno não faz parte dos planos do São Paulo para a temporada. O time do Morumbi tentou emprestá-lo para outros clubes, mas não teve sucesso. O meia-atacante nem sequer quis abrir conversas com o Botafogo.

O UOL Esporte apurou com pessoas próximas ao jogador que Vitor Bueno falou para o São Paulo que não tinha interesse de ser emprestado para nenhuma equipe. A partir disso, as duas partes começaram a discutir os termos de uma rescisão que agradasse a todos.

A proposta que mais agradou a Vitor Bueno foi de um time japonês, de nome não revelado. A pandemia da covid-19, no entanto, travou o negócio. O meia-atacante não conseguiu avançar com as burocracias para visto de trabalho no Japão e as conversas esfriaram.

Vitor Bueno foi comprado no fim de 2019 pelo São Paulo, em uma negociação que envolveu a ida do atacante Raniel para o Santos. Desde que chegou ao Morumbi, no entanto, o camisa 12 não conseguiu cair nas graças da torcida.

Ele participou de 120 partidas com a camisa do São Paulo, marcando 16 gols e dando seis assistências.