PUBLICIDADE
Topo

Futebol

OPINIÃO

Texto em que o autor apresenta e defende suas ideias e opiniões, a partir da interpretação de fatos e dados.

Perrone: Arthur Cabral seria excelente reforço, mas não encaixa no Timão

Do UOL, em São Paulo

17/01/2022 15h32

A novela da contratação de um centroavante se arrasta há longos dias no Corinthians. Sem resposta de Edinson Cavani, novidades de Diego Costa ou algum sinal de Luis Suárez, o clube deve iniciar o Paulistão sem o sonhado camisa nove e apenas com Jô como opção para a posição. Um novo nome, porém, apareceu no radar do Timão: Arthur Cabral.

Na Live do Corinthians, programa do UOL Esporte com todas as novidades do Timão no mercado da bola, os jornalistas Vitor Guedes e Ricardo Perrone comentaram sobre a interminável busca do clube alvinegro por um centroavante. Eles analisaram as reais chances corintianas de um acerto com Arthur Cabral, atualmente no Basel, da Suíça.

  • De segunda a sexta, às 17h, o Canal UOL traz, ao vivo, as últimas informações do mercado da bola. Inscreva-se no YouTube de UOL Esporte e confira também as lives dos clubes, Posse de Bola e UOL News Esporte:

"O Arthur Cabral não encaixa. Seria uma excelente contratação, mas ele não combina com o perfil que o Duilio [Monteiro Aves, presidente do clube]. O Corinthians tem a ajuda de um parceiro para pagar salário, e não direitos econômicos de jogador", comentou Perrone.

Arthur Cabral, de 23 anos, marcou 27 gols em 31 partidas pelo clube suíço nesta temporada. Tal desempenho chamou a atenção de outros clubes europeus, e teve seu nome especulado no Barcelona. Zenit (Rússia) e Wolfsburg (Alemanha) também estariam de olho no jogador, que tem contrato com o Basel até junho de 2023.

Apesar dos elogios ao centroavante, Vitão também destacou que a contratação dele foge do padrão estabelecido pelo Corinthians no mercado da bola. "Surgiu o nome de Arthur Cabral, revelado pelo Palmeiras e que jogou no Ceará. Só que ele é um jogador que não entra no esquema do Corinthians. Ele tem contrato com o Basel, jovem, em boa fase. Teve uma proposta recente do Barcelona e tem mercado. O Corinthians teria que entrar com dinheiro para contratá-lo. Ele não está livre no mercado", disse.

Vitão ainda lembrou outro fator que deixaria Arthur Cabral longe do Parque São Jorge. "Ele é muito bom jogador e casa muito bem com o Corinthians, que precisa rejuvenescer o time. O Arthur Cabral é mais jovem do que o Diego Costa, que se machuca muito, mas não causa o barulho que o Corinthians quer provocar. O patrocinador que vai bancar [a contratação] quer alguém que tenha tamanho, manchete. O Arthur Cabral não se compara ao Diego Costa e não chegaria ao Brasil causando esse frisson todo", afirmou.

Sobre Diego Costa, Vitão ressaltou que há poucas novidades sobre o ex-atacante do Atlético-MG. "O Corinthians só negocia com jogadores sem contrato. Desde ontem, oficialmente, Diego Costa não é mais jogador do Galo. Na prática, o Corinthians tem a partir de hoje para negociar com ele. O Timão tem um projeto para ele de dois anos para ganhar o que ele ganhava no Galo, por volta de R$ 20 milhões por ano. O Corinthians tem concorrência internacional, e a preferência do Diego Costa é jogar fora do país", enfatizou.

Com tantas dificuldades, a chegada de um camisa nove de impacto ao Corinthians está cada vez mais distante, na opinião de Vitão. "No futebol espanhol, Diego Costa não tem proposta do Real Madrid, Atlético de Madri ou Barcelona. Hoje, ele não tem mais tamanho para ter uma proposta do primeiríssimo escalão das grandes ligas. Ele tem futebol para receber uma proposta do Alavés, do Cádiz. Sobre o Cavani, até hoje não houve um 'não' oficial dele, nem um 'sim'. Mas mudou completamente a situação dele, pois virou titular do Manchester United e tem sido aproveitado. O Corinthians não perdeu a esperança, mas perdeu o otimismo. E o Suárez não sinalizou em omento algum querer vir para o Brasil", concluiu.

Não perca! A próxima edição da Live do Corinthians será na próxima terça-feira (25), logo após a estreia no Paulistão contra a Ferroviária. Você pode acompanhar o programa pelo Canal UOL, no app Placar UOL, na página do Corinthians no UOL Esporte ou no canal do UOL Esporte no YouTube.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL

Futebol