PUBLICIDADE
Topo

Futebol

OPINIÃO

Texto em que o autor apresenta e defende suas ideias e opiniões, a partir da interpretação de fatos e dados.

Mauro Cezar: Tem torcedor do Palmeiras reclamando de barriga cheia

Do UOL, em São Paulo

17/01/2022 15h47

O Palmeiras vem de seu segundo título consecutivo na Libertadores, se prepara para ir ao Mundial de Clubes, mas muitos torcedores não gostaram do início da gestão da presidente Leila Pereira pela falta de contratações de peso, em especial para a função de centroavante, com o incômodo maior depois que a negociação com o argentino Lucas Alario fracassou.

No podcast Posse de Bola #194, Mauro Cezar Pereira afirma que há torcedores palmeirenses reclamando de barriga cheia e que as conquistas são mais importantes do que a contratação de um ou outro reforço, vendo o início de trabalho da nova gestão como mais coerente do que o que fazem seus rivais no mercado da bola.

Ouça também o boletim do Posse com Arnaldo e Tironi; exclusivo na Apple Podcasts

"A Leila está colocando em prática uma gestão mais ou menos na linha em que ela toca os negócios dela, as empresas dela. Se é certo ou errado é outra história, eu acho que faz muito mais sentido trabalhar assim do que dessa forma tresloucada, ela assumiu a presidência do Palmeiras campeão da Libertadores e equilibrado financeiramente, ela não precisa fazer loucura, não precisa sair correndo feito louca para contratar a qualquer preço", diz Mauro Cezar.

"Campeão da Libertadores em cima do Flamengo, do jeito que o Palmeiras foi campeão, é muito melhor a situação do Palmeiras, o torcedor do Palmeiras que está reclamando, sinceramente, está reclamando de barriga cheia, não tem o menor cabimento. Entendo que o cara tenha vontade de ver lá um centroavante de alto nível, mas eu acho que a presidente do Palmeiras está agindo certo, fazendo as coisas de forma ponderada", completa.

O jornalista lembra que o Cruzeiro fez contratações para enfrentar o Borussia Dortmund em 1997 e não obteve sucesso no Japão e opina que o Palmeiras não pode se pautar apenas pelo Mundial de Clubes, precisa pensar na temporada como um todo e vislumbrar as possibilidades de vencer novamente a Libertadores e voltar a vencer o Brasileirão.

"Tirando o Corinthians que ganhou em 2012 de um Chelsea que vivia uma crise danada, a chance de qualquer time sul-americano contra um Chelsea é pequena, você não pode ficar pautando a sua temporada por esse jogo. Se ganhar, legal, vai ser histórico para o Palmeiras, vai ser motivo de extremo orgulho, vai acabar com gozações, mas o Palmeiras não pode pensar 'eu tenho que ganhar o Mundial', é 'vou tentar'", diz Mauro.

"O meu planejamento tem que ser para a temporada, para a minha realidade e a minha realidade é ser tri da Libertadores, voltar a ser campeão brasileiro, ganhar se possível a Copa do Brasil, se der também ganhar o Paulista, essa é a realidade do Palmeiras como de qualquer outro clube brasileiro, esse Mundial é uma espécie de história da Cinderella, de repente as coisas dão certo, mas na maioria das vezes a carruagem vira abóbora no final", conclui.

Posse de Bola: Quando e onde ouvir?

A gravação do Posse de Bola está marcada para segundas e sextas-feiras às 9h, sempre com transmissão ao vivo pela home do UOL ou nos perfis do UOL Esporte nas redes sociais (YouTube, Facebook e Twitter).

A partir de meio-dia, o Posse de Bola estará disponível nos principais agregadores de podcasts. Você pode ouvir, por exemplo, no Spotify, Apple Podcasts, Google Podcasts, Amazon Music e Youtube --neste último, também em vídeo. Outros podcasts do UOL estão disponíveis em uol.com.br/podcasts.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL

Futebol