PUBLICIDADE
Topo

Luan falou com Muricy antes de dar a 13 a Rafinha e deve usar a 8 no SPFC

Luan comemora gol pelo São Paulo contra o Palmeiras, pela final do Paulista, no Morumbi - Marcello Zambrana/AGIF
Luan comemora gol pelo São Paulo contra o Palmeiras, pela final do Paulista, no Morumbi Imagem: Marcello Zambrana/AGIF

Brunno Carvalho

Do UOL, em São Paulo

17/01/2022 13h47

O volante Luan demorou um tempo antes de tomar a decisão de ceder a camisa 13 a Rafinha, novo contratado do São Paulo. O UOL Esporte apurou que o jogador estava reticente no começo, mas optou pelo gesto depois de uma conversa com Muricy Ramalho, coordenador técnico da equipe do Morumbi.

A camisa 13 foi a segunda assumida por Luan no profissional do São Paulo - antes ele utilizava a 27. O número tinha um significado especial para o volante por ser o dia do aniversário de sua mãe, Luzia. Os dois têm uma ligação muito forte e passaram a colocar o número em coisas importantes da vida, como a numeração da casa que compraram ao deixarem o Morro Doce, bairro onde o jogador nasceu, na zona noroeste de São Paulo.

Luan e a mãe se vacinaram em um dia 13 e brincavam que o número lhes trazia sorte. O projeto social que o jogador mantém no Morro Doce se chama "13 de Morro" e, por ora, não mudará de nome.

O desejo de permanecer com o número era forte, mas a conversa com Muricy mexeu com o volante. Luan queria saber o que o coordenador técnico achava sobre o assunto. Ouviu de Muricy que no tempo dele como jogador os atletas utilizavam camisas de 1 a 11 e que o importante era brigar para ser titular do São Paulo.

O conselho fez com que Luan fosse oferecer o número a Rafinha. Pessoas ligadas ao volante ouvidas pela reportagem disseram que o clima da conversa foi de "pega a camisa e cuida dela para mim".

"É um garoto que tem um futuro maravilhoso pela frente. É um menino que é torcedor do são Paulo, gosta muito da camisa 13 e ele gentilmente me passou a camisa 13. É um número que eu joguei a vida inteira, sou supersticioso demais, é um número que gosto muito", disse Rafinha, ao ser questionado na entrevista coletiva de hoje sobre a conversa com Luan.

O gesto de Luan caiu bem com o São Paulo. O clube pretende retribuir o jogador com um número importante, que mostre a confiança que possuem no futebol dele. O UOL Esporte apurou que ele deve assumir a "8" do Tricolor, a mesma utilizada por Muricy nos tempos de jogador.