PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Pouco decisivo, Moreno inicia último ano no Cruzeiro como desfalque

Marcelo Moreno marcou nove gols em dois anos no Cruzeiro  - Divulgação/Mineirão
Marcelo Moreno marcou nove gols em dois anos no Cruzeiro Imagem: Divulgação/Mineirão

Lohanna Lima

Colaboração para o UOL, em Belo Horizonte, MG

15/01/2022 04h00

A temporada de 2022 caminha para ser a última desta terceira passagem de Marcelo Moreno pelo Cruzeiro. O jogador, de 34 anos, entrou em seu terceiro e último ano de contrato pelo clube e já como ausência neste início de temporada celeste. Contratado para ser uma das principais referências da equipe em busca do acesso à Série A do Campeonato Brasileiro, o jogador passou longe de obter protagonismo. Moreno soma pouco mais de 50 jogos em dois anos e marcou apenas nove gols.

Constantemente convocado pela seleção boliviana nas últimas duas temporadas. Moreno será desfalque neste início de trabalho do técnico Paulo Pezzolano, que já começou a implementar suas ideias à equipe. O jogador viajou para servir a seleção de seu país nessa quinta-feira (13) e só retornará ao Brasil após o dia 2 de fevereiro. Com isso, o jogador perderá os três primeiros jogos do Cruzeiro no Estadual.

O Cruzeiro contou com a ajuda de Pedro Lourenço, um dos principais patrocinadores do clube, para repatriar o jogador em 2020. Artilheiro da Libertadores de 2008 e campeão brasileiro em 2014 marcando 24 gols naquele ano pelo Cruzeiro, Moreno chegou sob forte expectativa e um dos maiores salários do elenco.

A gestão de Ronaldo Fenômeno após a compra dos 90% da Sociedade Anônima do Futebol (SAF) do Cruzeiro tem como principal objetivo a redução de custos, o que vai de encontro com os valores gastos com o boliviano.

O jogador recebeu sondagens ao longo dos últimos dois anos, mas sempre ressaltou que gostaria de cumprir o contrato até o final - que vai até dezembro deste ano. Moreno recebeu mais de uma investida pelo Colo Colo, do Chile, mas recusou uma oferta direta da equipe de Santiago.

Futebol