PUBLICIDADE
Topo

Saída de Kenedy abre lacuna e desafia o Flamengo no mercado

Kenedy comemora com Pedro seu 1º gol pelo Flamengo - Maga Jr/O Fotográfico/Gazeta Press
Kenedy comemora com Pedro seu 1º gol pelo Flamengo Imagem: Maga Jr/O Fotográfico/Gazeta Press

Leo Burlá

Do UOL, no Rio de Janeiro

13/01/2022 04h00

O retorno inesperado de Kenedy para o Chelsea (ING) surpreendeu o Flamengo e criou um desafio adicional para o clube na busca por reforços no mercado da bola.

Ainda que o Fla tenha adotado a paciência como lema, não estava nos planos de ter incluir um atacante de lado de campo em um primeiro momento da prospecção por jogadores.

Sem o jogador, que teve sua volta imediata imposta pelos Blues, o Rubro-Negro aumentou a sua lista de necessidades e terá de se virar para dar a Paulo Sousa um atleta com características de força, velocidade e explosão.

Em suas primeiras análises sobre o elenco, Sousa demonstra estar satisfeito com o que tem em mãos. O Fla, no entanto, vai buscar com carinho alternativas para a zaga, o gol e para a posição de volante. Não há exatamente pressa, mas os dirigentes querem preencher ao menos algum vazio nesta primeira parte da temporada.

Com a notificação de que Kenedy teria de voltar para Londres, o Fla pouco pode fazer a respeito. Existe uma cláusula contratual que deixava clara a necessidade de os cariocas sinalizarem o desejo de compra até o fim do ano passado. Como o sinal não foi dado, os cariocas ficaram de mãos atadas.

Apesar da saída inesperada, o atacante de 25 anos dificilmente teria um futuro muito longo na Gávea. Contratado por empréstimo até a metade de 2022, ele custaria nada menos que 10 milhões de euros (R$ 63,5 milhões) se os cariocas optassem pela aquisição.

Em sua breve passagem pelo clube, o jogador jamais mostrou que poderia morder uma vaga entre os titulares. Demorou a entrar em forma, sofreu com uma entorse no tornozelo e não conseguiu se firmar. O atleta deixa o Ninho do Urubu com 17 jogos realizados, um gol marcado e uma lacuna a ser preenchida.

Mãos à obra

O elenco do Flamengo volta aos treinos hoje e terá seu terceiro dia de trabalhos sob o comando de Paulo Sousa. Paralelamente, Fabio Matias faz os ajustes da equipe que iniciará a disputa do Carioca.

Esse grupo de jovens vai disputar ao menos as três primeiras rodadas antes de passar o bastão para o grupo principal. Esse Fla alternativos terá amistosos contra o Nova Iguaçu nos dias 15 e 20 de janeiro, no Ninho do Urubu.