PUBLICIDADE
Topo

Seleção Brasileira

Tite convoca seleção com Vini Jr, Coutinho e sem Neymar para Eliminatórias

Do UOL, em São Paulo

13/01/2022 04h00Atualizada em 13/01/2022 12h34

Classificação e Jogos

O técnico da seleção brasileira, Tite, realizou hoje a primeira convocação de 2022 para os próximos jogos do Brasil nas Eliminatórias da Copa do Mundo deste ano, no Qatar. A equipe enfrenta o Equador no dia 27 de janeiro e encara o Paraguai em 1º de fevereiro.

Vinicius Junior e Philippe Coutinho foram chamados, assim como Daniel Alves e Rodrygo. O grande desfalque dos convocados é Neymar, que está machucado.

Na primeira pergunta da entrevista coletiva após divulgar a lista, Tite falou sobre testes e oportunidades aos convocados.

O conjunto todo, temos que avaliar o contexto. Não dá para definir: 'agora, esse atleta, com esse desempenho, vai ser determinante'. Por isso, falamos em processo. Se pegar o processo dos últimos quatro anos dos desempenhos dos atletas em clubes, na seleção, de jogos importantes e solidez na carreira, teremos no momento de convocação as oportunidades nessa competição entre os atletas de alto nível para que possam estar aqui. E, quando vieram aqui, também possam produzir dessa forma. É nosso desafio para ter, lá na frente, uma convocação final. É o último ano de preparação para a Copa, mas esses fatores todos estarão no conjunto da obra para definir a convocação final." Tite

A seleção joga contra o Equador (3° lugar) em Quito. Depois, o Brasil tem pela frente o Paraguai (9° lugar) em duelo que será realizado no Mineirão, em Belo Horizonte.

Líder de maneira invicta e já classificada, a equipe de Tite tem 35 pontos em 13 jogos no torneio. A Argentina vem logo atrás, com 29 pontos. Os quatro primeiros colocados ao final dos 18 confrontos se classificam diretamente para a Copa - o 5° lugar terá que disputar a repescagem.

Tite defende Coutinho...

Tite foi questionado sobre a escolha novamente por Coutinho, que faz temporada irregular e recentemente foi emprestado pelo Barcelona ao Aston Villa, da Inglaterra.

"Coutinho é um jogador de armação e conclusão importante. Que vai recuperando seu melhor nível. Está em condição de retornar. Uma perspectiva de que ele possa ter a retomada de seu maior nível. Para que possa ver e oportunizar se este crescimento possa estar acontecendo", explicou o treinador.

..e pede calma com Vini Jr.

Tite também pediu calma com a expectativa criada em torno de Vinicius Junior, que vive grande fase no Real Madrid e é um dos destaques do clube merengue ao lado de Benzema.

"O Vinicius Junior, a gente tem que ter muito cuidado com atletas jovens. Calma com expectativa exagerada. Eles oscilam. Te dou a reposta com informação. O Vinicius até se afirmar, é a sua terceira temporada. Quantas vezes ele esteve conosco? Neste processo, temos que ter o cuidado. Ele vai oscilar. Ele jogou muito contra a Argentina, foi destaque nosso. Já teve o desempenho que tem no Real Madrid. A maturidade do jovem para que ele possa desenvolver e amadurecer. Inclusive com o peso que a camisa da seleção brasileira tem", afirmou.

Lodi fica fora por não ter esquema vacinal completo

O técnico ainda revelou que o lateral esquerdo Renan Lodi, do Atlético de Madri, perdeu a chance de ser convocado porque não completou o esquema vacinal contra a covid-19. Os convocados da posição foram Alex Sandro e Alex Telles.

"O que posso antecipar é que Renan Lodi foi alijado da possibilidade de convocação em função de sua não vacinação. Essa informação foi passada. Então, ele perdeu a possibilidade de concorrer em função de não ter se vacinado."

Veja a lista de convocados:

  • Goleiros: Alisson (Liverpool), Ederson (Manchester City) e Weverton (Palmeiras)
  • Laterais: Emerson Royal (Tottenham), Daniel Alves (Barcelona), Alex Sandro (Juventus) e Alex Telles (Manchester United)
  • Zagueiros: Eder Militão (Real Madrid), Gabriel Magalhães (Arsenal), Marquinhos (PSG) e Thiago Silva (Chelsea)
  • Meias: Fabinho (Liverpool), Paquetá (Lyon), Bruno Guimarães (Lyon), Casemiro (Real Madrid), Fred (Manchester United), Gerson (Olympique de Marselha), Everton Ribeiro (Flamengo) e Philippe Coutinho (Aston Villa)
  • Atacantes: Antony (Ajax), Gabigol (Flamengo), Gabriel Jesus (Manchester City), Matheus Cunha (Atlético de Madri), Raphinha (Leeds), Rodrygo (Real Madrid) e Vinicius Junior (Real Madrid)

Seleção Brasileira