PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Atlético-MG confirma interesse no volante Edenilson, e cita recusa do Inter

Edenilson está na mira do Atlético-MG para a temporada 2022 - Ettore Chiereguini/AGIF
Edenilson está na mira do Atlético-MG para a temporada 2022 Imagem: Ettore Chiereguini/AGIF

Victor Martins

Colaboração para o UOL, em Belo Horizonte (MG)

13/01/2022 18h24

Há algumas semanas já se noticia o interesse do Atlético-MG na contratação do volante Edenilson, do Internacional. Se antes o noticiário se baseava em apurações de bastidores, agora o desejo atleticano em contratar o jogador de 31 anos é algo oficial.

Durante o anúncio do técnico Turco Mohamed, o diretor de futebol do Galo, Rodrigo Caetano, foi perguntado sobre a situação do jogador colorado. O dirigente alvinegro confirmou que procurou o Internacional, mas o clube gaúcho nem sequer abriu espaço para uma oferta do Atlético.

"Boa parte das especulações não se confirma. Sempre tem a relação expectativa e a frustração do torcedor. Então, eu tenho que ter um cuidado em me comunicar com a massa nessas especulações. E a gente vê cada nome às vezes, até fora da nossa realidade. O Edenílson, a gente fez uma consulta ao Internacional, da possibilidade de uma negociação. O Internacional, até então, foi taxativo de que não deseja negociar o atleta".

Mas não significa que o Atlético não tenha mais interesse no jogador. Segundo o diretor de futebol do Galo, o clube ainda está disposto a negociar com o Internacional.

"Outras notícias que surgiram, de que o Internacional nos fez uma contraproposta. Zero, viu, gente? Até agora, zero. O Inter não abriu a possibilidade de uma negociação, pelo menos até o presente momento. Essa é a realidade de hoje. Se algo ali na frente mudar, obviamente comunicaremos vocês também".

O interesse do Atlético em Edenilson não depende do técnico. Uma possível contratação do camisa 8 do Colorado é uma vontade da direção do clube mineiro. Rodrigo Caetano conhece muito bem o volante, com quem trabalhou na época que esteve no Beira-Rio.

"Um atleta que trabalhou comigo durante quase três anos no Inter. Acima da média, não só dentro do campo como fora também. Mas ele tem contrato com o Internacional, então não tem o que nós fazermos", completou.

Futebol