PUBLICIDADE
Topo

Botafogo

Botafogo contrata comentarista do SporTV para o departamento de futebol

Ex-comentarista do SporTV, Raphael Rezende assume função no departamento de futebol do Botafogo - Reprodução BotafogoTV
Ex-comentarista do SporTV, Raphael Rezende assume função no departamento de futebol do Botafogo Imagem: Reprodução BotafogoTV

Alexandre Araújo e Bernardo Gentile

Do UOL, no Rio de Janeiro (RJ)

12/01/2022 20h26

O Botafogo tem um acerto para que o jornalista Raphael Rezende, do SporTV, assuma o cargo de "head scout" no departamento de futebol do clube. Ele vai trabalhar ao lado do diretor Eduardo Freeland na análise de mercado e avaliações de possíveis nomes para o elenco. Também chega a General Severiano o analista de mercado Brunno Noce.

Raphael tem curso de gestão na Confederação Brasileira de Futebol (CBF) e também tem a Licença B de treinador da entidade. Ele participou de um processo seletivo realizado pelo Glorioso que contou com outros nomes e foi o escolhido para a vaga.

O jornalista terá uma função no organograma do departamento de futebol, com ligação entre a diretoria da pasta e a parte administrativa do clube, buscando um equilíbrio entre os setores na avaliação de nomes para o elenco.

"Acredito que, por estar preparado para esta função, acredito em um profissional que seja capaz de atender a demanda do departamento de futebol. Não só da comissão técnica, enfim, um anseio de uma diretoria, um anseio de um clube como um todo. E aí passa muito por identificar no mercado oportunidades de negócio que façam sentido para o clube, esportivamente e financeiramente. Esse é o Raphael Rezende atrelado à função de 'head scout', acho que essa função passa por isso", disse ele, em entrevista à BotafogoTV, que pode ser acompanhada na íntegra abaixo.

Vale ressaltar que, quando a atual gestão assumiu, no início do ano passado, a ideia era que, na reformulação que foi realizada no departamento de futebol, além do diretor e de um CEO, chegasse também o 'head scout'. À época, porém, questões financeiras impediram que o assunto fosse levado à frente.

Raphael Rezende ao lado de Elano, Mauro Silva e Marcos Assumpcao, companheiros de curso na CBF - Arquivo Pessoal - Arquivo Pessoal
Raphael ao lado de Elano, Mauro Silva e Marcos Assumpcao, companheiros de curso na CBF
Imagem: Arquivo Pessoal

No último dia 10, o Botafogo anunciou a assinatura de contrato vinculante -- documento que demonstra um compromisso firme do comprador em executar o negócio ali indicado -- com a Eagle Holdings, fundo de John Textor. O empresário norte-americano vai comprar 90% da Sociedade Anônima do Futebol (SAF) alvinegra.

A mudança na administração promete novos ares ao futebol do clube, diante do aporte financeiro que a pasta vai receber ao longo do vínculo.

Comentarista do SporTV, canal de esporte na TV por assinatura, ele se destacou pelas análises e nunca escondeu o desejo de atuar em um clube.

"Eu sei que o mercado é até muito mais complexo do que o do jornalismo, mas eu me vejo, por exemplo, ali na frente, pensando em uma oportunidade de aplicar o que eu acredito dentro de um clube. Pode ser em um clube buscando recuperação, vindo de baixo para cima, um projeto novo como é de clube-empresa no Brasil e que tem boas referências —tem um pensamento diferente com decisões mais técnicas — ou um gigante sofrendo", disse, em recente entrevista ao UOL Esporte.

"Movimento importante"

As contratações para o departamento de futebol foram celebradas pelo CEO Jorge Braga, que indicou que que está em curso uma modernização da pasta.

"É mais um movimento importante na modernização do clube e na estratégia de valuation dos ativos tanto do futebol quanto da área de negócios. Conseguimos avançar internamente para aumentar investimentos no setor. Com ciência, gestão e métricas é possível otimizar o trabalho e impactar os resultados" disse, ao site oficial.

"A chegada desses profissionais é um passo importante no planejamento do Departamento de Futebol. Investir na ciência do scouting nos traz melhores referências, reduz riscos e permite tomadas de decisão mais assertivas. Raphael e Brunno, sejam bem-vindos", completou o diretor de Futebol Eduardo Freeland.

Botafogo