PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Barbeiro que "anunciou" Nikão no São Paulo foi amuleto do Brasil na Rio-16

Barbeiro Baianinho ao lado de Nikão - Reprodução/Instagram
Barbeiro Baianinho ao lado de Nikão Imagem: Reprodução/Instagram

Beatriz Cesarini

Do UOL, em São Paulo

12/01/2022 04h00

Dias antes de ser anunciado oficialmente pelo São Paulo, Nikão apareceu nas redes sociais de sua barbearia favorita posando com uma camisa do tricolor. Não demorou muito para a foto viralizar nas redes sociais. O dono do estabelecimento que acabou causando o burburinho é Antonio Cesar Santana da Silva, mais conhecido como "Baianinho" ou até mesmo "amuleto da sorte da seleção".

Baianinho é o barbeiro dos boleiros em Curitiba. Anos antes de ser hairstylist de Nikão, ele atendeu muitos jogadores ilustres, como Weverton, o goleiro do Palmeiras. O bicampeão da Libertadores, inclusive, foi um dos primeiros clientes do barbeiro que se mudou de São Paulo para a capital paranaense em 2012.

"Quando o Weverton chegou no Athletico, em 2012, eu comecei a atender ele sempre. Fiz amizade com a família dele e com a de outros jogadores também. De 2013 para cá, o número de clientes aumentou e comecei a me dar conta da quantidade de jogadores de futebol que estava atendendo. Até em hotéis eu comecei a ir para atender times que vêm jogar em Curitiba", contou Antonio Cesar, o Baianinho, ao UOL Esporte.

Weverton curtiu tanto o trabalho de Baianinho que decidiu levá-lo à concentração da seleção olímpica durante os jogos da Rio-2016 para cuidar do próprio penteado e do estilo dos companheiros de elenco também. O Brasil teve o goleiro como um dos protagonistas da campanha que resultou na primeira medalha de ouro da história da seleção. Aí não teve outra: o barbeiro ficou conhecido como amuleto da equipe.

"As Olimpíadas de 2016 marcaram a minha carreira. Eu acompanhei a seleção brasileira na trajetória ao título inédito, porque fui com o Weverton. Aqui em Curitiba mesmo eu fiquei conhecido justamente por causa da Rio-2016. A gente foi para a Bahia, em Salvador, e encerrei no Rio com o time. Participei da campanha?", conta Baianinho, cheio de orgulho.

Até hoje, o corte de cabelo mais pedido na Barbearia Baianinho é o "navalhado desconectado" que Weverton usou em 2016.

E o "anúncio" de Nikão no São Paulo?

Nikão posa para foto segurando camisa do São Paulo - Reprodução/Instagram - Reprodução/Instagram
Nikão posa para foto segurando camisa do São Paulo
Imagem: Reprodução/Instagram

Voltando ao início da história? Baianinho viralizou nesta semana justamente porque seu perfil no Instagram anunciou Nikão no São Paulo antes mesmo de o Tricolor paulista tornar oficial a transferência do ex-Athletico.

Baianinho afirmou que fez a publicação sem intenções de furar ou estragar o grande anúncio. O barbeiro é muito amigo de Nikão e, no último domingo, o jogador fez uma despedida na igreja em que ambos frequentam e contou que iria ao São Paulo.

Quando ele chegou dessa confraternização, viu que um amigo em comum entre ele e Nikão tinha feito uma foto com a camisa da agremiação paulista. E foi aí que deu o burburinho.

"Foi sem querer. Tem gente pensando que aquele rapaz que aparece ao lado do Nikão na foto 'é o Baianinho', mas não sou eu. Ele é meu amigo também, postou a foto e marcou a barbearia. Eu só respostei, e já falaram que eu anunciei o Nikão", contou o barbeiro.

"A foto nem foi na barbearia (risos). Foi uma confusão generalizada. E o Nikão é mineiro, calado... Para tirar uma informação desse homem é muito difícil. Ele manteve tudo em segredo e nunca comentou sobre essa situação, e olha que tô com ele toda a semana. Só que ele foi na igreja se despedir, e o pessoal já estava sabendo que ele ia para São Paulo. Eu tinha atendido ele mais cedo, no domingo e, à noite, achei que já estava liberado justamente por causa da despedida na igreja", encerrou.

Futebol