PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Palmeiras leva empate do Água Santa no fim e perde 100% na Copinha

Duelo entre Palmeiras e Água Santa pela Copa SP de futebol júnior - Marcello Zambrana/AGIF
Duelo entre Palmeiras e Água Santa pela Copa SP de futebol júnior Imagem: Marcello Zambrana/AGIF

Do UOL, em São Paulo

11/01/2022 17h11

Um gramado encharcado, desfalques por covid-19 e um adversário impetuoso impediram o Palmeiras de fechar a primeira fase da Copa São Paulo de futebol júnior com 100% de aproveitamento. Em um jogo de poucas oportunidades, mas com uma reta final emocionante, o Verdão empatou por 1 a 1 com o Água Santa, hoje (11), no Estádio Distrital do Inamar, em Diadema (SP), no desfecho do Grupo 28.

Vanderlan abriu o placar aos 35 minutos da etapa final, mas Vinícius conseguiu a igualdade aos 50 minutos para o Água Santa. Com o empate, Palmeiras e Água Santa terminaram com sete pontos. Antes do tropeço, o Verdão havia derrotado o Assu-RN por 6 a 1 e o Real Ariquemes-RO por 3 a 0.

Ambas as equipes entraram em campo classificadas para a segunda fase, mas, com o resultado, o Palmeiras garantiu a primeira colocação da chave. O próximo adversário, já em um mata-mata, será o Mauá, que terminou em segundo lugar no Grupo 27 de maneira invicta. Na primeira fase, o time da Grande São Paulo derrotou o Mauaense por 2 a 1 e empatou com Volta Redonda e Atlético-GO. Já o Água Santa vai encarar o Atlético-GO.

Na partida desta terça, o Palmeiras não pôde jogar com força máxima e ficou, inclusive, sem o centroavante Endrick, que é o destaque do time na Copinha ainda aos 15 anos de idade. Ele testou positivo para covid-19 e só deve ficar à disposição novamente daqui a cinco dias, caso permaneça assintomático e tenha um resultado negativo no exame. O atacante Jhonatan também virou desfalque por causa da mesma doença, mas em compensação Pedro Bicalho voltou ao time.

Em campo, o Palmeiras pouco produziu, e muito disso foi pelo gramado alagado que impediu o toque de bola dos times. Mais impetuoso e precisando da vitória para terminar em primeiro lugar da chave disputada em sua casa, o Água Santa teve duas boas oportunidades. Aos 18 minutos, Samurai chutou da entrada da área e a bola saiu à esquerda. Quatro minutos depois foi a vez de Korek testar a meta adversária. Após cobrança de lateral, o chute, após um giro rápido, passou à direita.

Do lado do Verdão, a única oportunidade aconteceu em um lance nada proposital. Em cruzamento fechado de Ian da direita, a bola foi em direção ao gol e quase encobriu o goleiro Lucas. Mas ele se recuperou e deu um tapa para escanteio.

O segundo tempo voltou com menos chuva e com o gramado não tão encharcado. Mesmo assim, as equipes demoraram a buscar o gol, e dessa vez a pouca criatividade pesou para a falta de chances de gol. O Água Santa se lançou mais ao ataque, mas foi o Palmeiras quem chutou ao gol em uma finalização de Kevin de fora da área para fácil defesa de Lucas.

Na reta final da partida, porém, o Palmeiras aumentou a pressão e quase marcou em uma falha do goleiro Lucas. Após cruzamento de Vanderlan, o goleiro não conseguiu segurar a bola, e ela sobrou para Talisca, que chutou para fora com o gol vazio aos 33 minutos.

Dois minutos depois, porém, o Palmeiras fez o gol decisivo que lhe garantiu o aproveitamento de 100% na Copinha. Após cobrança de escanteio da direita, o goleiro Lucas afastou o perigo no primeiro lance. No rebote, Vanderlan mandou de cabeça para a área. Mina tentou intervir, mas acabou cabeceando para o próprio gol.

O resultado, porém, não foi definitivo. O Água Santa, que foi melhor na maior parte do jogo, seguiu buscando o ataque e criou duas boas chances. Na primeira, David parou no goleiro Kaique. Mas na segunda, Vinícius recebeu cruzamento da esquerda e, livre de marcação, mandou para o gol, decretando a igualdade e o resultado final.

O Palmeiras jogou com a seguinte escalação: Kaique; Gustavo Garcia, Ruan Santos, Talisca e Ian (Fabinho); Miguel, Pedro Lima (Kauan) e Gabriel Silva (Jhow); Vitinho, João Pedro e Kevin (Vanderlan).

Futebol