PUBLICIDADE
Topo

Grêmio

Grêmio: Diego Souza fará treinamento especial para manter a forma em 2022

Diego Souza terá que manter a forma em trabalhos especiais no Grêmio - Pedro H. Tesch/AGIF
Diego Souza terá que manter a forma em trabalhos especiais no Grêmio Imagem: Pedro H. Tesch/AGIF

Marinho Saldanha

Do UOL, em Porto Alegre

09/01/2022 04h00

Diego Souza foi personagem de um momento peculiar no mercado da bola do Grêmio. Primeiro, esteve acompanhado por Rafinha e Cortez em uma nota oficial informando seu desligamento. Duas semanas mais tarde, foi "recontratado". Entre os dois momentos, a direção do clube mostrou preocupação com a condição física do atacante de 36 anos. Por isso, ele passará por atividades especiais ao longo de 2022.

"Vai ser difícil tornar competitivo. Queremos uma equipe que corra, dê carrinho e tenha marcação intensa. Ele não se enquadra nesse perfil", disse o vice de futebol Denis Abrahão em entrevista à Rádio Guaíba antes da recontratação. "Se tivesse 30 anos e pesasse 90 quilos, seria o melhor centroavante do mundo. Ele está com o boi na sombra. Vai ser difícil se tornar competitivo", completou.

A preocupação não mudou, mesmo que ele tenha assinado contrato por mais uma temporada. Tanto que o executivo de futebol Diego Cerri confidenciou que o jogador passará por um treinamento especial para manter a forma.

"O Diego tem muita massa muscular, é um jogador grande e todo mundo entende que ele precisa estar 'sequinho', mas mantendo a força e a explosão, a massa muscular, para ter rendimento. Temos uma equipe muito qualificada de preparadores físicos, de saúde, de parte médica, que trabalhará isso com muita atenção. Ele fará um trabalho específico e isso foi tratado com ele numa conversa que tivemos. Ele sabe disso, que precisa se cuidar muito, e está disposto a abraçar esse treinamento", contou o dirigente.

O acerto com o artilheiro da última temporada só teve desfecho positivo porque ele concordou se esforçar para seguir à risca as determinações do clube para manter a forma.

"Ele fez questão de voltar ao clube para ajudar no projeto de colocar o Grêmio na Série A novamente. É um cara que se mostrou disposto a fazer um sacrifício grande e cumprir com esta cartilha de cuidados e treinamentos. Cada atleta reage de uma forma, e por mais que trabalhemos em um grupo vamos dar atenção especial a isso", afirmou Cerri.

Até mesmo o contrato de Diego tem cláusulas que impõem sua condição física para aproveitamento no time.

Na última temporada, o centroavante esteve em campo em 51 partidas, com 24 gols marcados e seis assistências.

Grêmio