PUBLICIDADE
Topo

Grêmio

Casamentos, tchau e bronca: Douglas Costa teve mais destaque fora de campo

Douglas Costa vive entre polêmicas na atual passagem pelo Grêmio - EVERTON PEREIRA/O FOTOGRÁFICO/ESTADÃO CONTEÚDO
Douglas Costa vive entre polêmicas na atual passagem pelo Grêmio Imagem: EVERTON PEREIRA/O FOTOGRÁFICO/ESTADÃO CONTEÚDO

Marinho Saldanha

Do UOL, em Porto Alegre

07/01/2022 04h00

Douglas Costa vive mais uma polêmica no Grêmio. Desta vez, a festa de seu casamento — de novo — gera desconforto nos bastidores do clube. Desde sua contratação, em maio, sobraram momentos cujas atitudes fora de campo apareceram mais do que os lances do meia-atacante de 31 anos.

Até agora, Douglas tem 28 jogos com três gols e duas assistências vestindo a camisa do clube que o projetou para o futebol.

Casamento(s)

A cerimônia de casamento de Douglas Costa com a modelo Nathália Felix não é assunto pela primeira vez. Aliás, tomou o ano gremista. O jogador foi anunciado pelo Tricolor em maio, com data marcada para casar em junho. O evento, no Rio de Janeiro, foi adiado em razão da pandemia.

Mas o meia-atacante tinha acordo com a direção desde antes de assinar contrato. Seria liberado para casar. Em julho, um evento para 50 pessoas ocorreu no Caribe. O jogador ficou fora até do jogo contra LDU, pela Sul-Americana, após voltar da lua de mel.

Mas, a festa mesmo, o evento no Copacabana Palace, que seria lá em maio de 2021, não aconteceu. A primeira remarcação foi para dezembro, e Douglas seguia crente que seria liberado. Porém, com o Tricolor lutando contra o rebaixamento, ele foi vetado. O evento atrapalharia sua participação no jogo contra o Atlético-MG, pela última rodada do Brasileirão. A permanência forçada irritou o jogador.

Agora, a nova data, terceira [e contando...] foi definida para dia 19 de janeiro. O Grêmio não tem jogo marcado, mas estaria em pré-temporada. Novamente, a direção não quer autorizar a saída, e um novo debate está formado.

Tchauzinho

Incomodado por ter sido forçado a permanecer para jogar a última rodada do Brasileiro e não festejar seu casamento, Douglas Costa usou uma comemoração de gol para gerar uma nova polêmica. Após estufar a rede do Atlético-MG, numa vitória que de pouco adiantou, pois o Tricolor foi rebaixado igual, ele deu "tchau" para a torcida.

Festa após queda?

O dia seguinte após o rebaixamento do Grêmio contou com uma nova polêmica. Fotos de uma suposta festa de Douglas Costa que teria acontecido depois da queda da equipe gaúcha tomaram a internet. O assunto não chegou a ser tratado publicamente entre as partes.

Lesões

Quando estaria disponível, Douglas não conseguiu sequência. Foram vários momentos em que o jogador frequentou o departamento médico. Paradas por dificuldades musculares, dores, saídas prematuras de jogos importantes, e um drama para assumir o posto para o qual foi contratado estiveram presentes ao longo de 2021. Tanto que ele estreou em junho, fechou 10 jogos em agosto e acabou o ano com 28.

Reclamou de Felipão

No microfone, porém, Douglas apareceu. Depois da saída de Luiz Felipe Scolari do comando, ele participou de uma entrevista no canal Pilhado, no Youtube, ele reclamou de "jogar por uma bola" com o treinador.

"Eu sempre aprendi que o futebol é para frente, então acho que jogar por uma bola prejudica. Acho que foi nessa linha que perdemos nosso caminho: jogando por uma bola e tomar o gol. Aí, com o psicológico mais abalado, não conseguimos reverter situações. E quem está na frente acaba pagando o pato. O Felipão sempre deu a cara para bater, nunca fugiu. Ele tem uma ideia de jogo que não casava com a de todo mundo", disse.

Briga com torcedor

Já na reta final do Brasileiro, o Grêmio venceu o São Paulo por 3 a 0. Mas nem mesmo a vitória evitou uma nova polêmica com Douglas Costa. O jogador levou cartão amarelo no segundo tempo, foi suspenso do jogo seguinte, contra o Corinthians, e xingou torcedores nas redes sociais.

"Vão tomar no c* de todos vcs que tão achando q eu tomei o 3º cartão amarelo pq eu forcei, o juiz no final da conversa me autorizou a sair por ali, e quando eu virei as costas o próprio me deu o cartão! P finalizar eu Sou muito mais gremista que esse pessoal que vive de vamos lá", postou no Twitter ao ver as críticas que recebia.

Mesmo suspenso, foi forçado pela direção do clube a viajar com os companheiros para São Paulo.

Propostas e salário alto

O que também alimentas as polêmicas com as quais convive é o salário de Douglas Costa. Com gatilhos de produtividade, o jogador pode receber R$ 1,5 milhão no mês. Para permanecer no clube e participar da temporada 2022, ele precisará rever os recebimentos.

Nos planos de clubes dos Estados Unidos e do Qatar, além de ter sido alvo também do São Paulo, que já informou desistência, ele, segundo a direção gremista, já disse que aceita rever valores e quer permanecer. Mas, agora, com mais um capítulo dessa passagem tumultuada por Porto Alegre, tudo pode mudar novamente.

Grêmio