PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Dembélé pede muito, e renovação com Barça fica mais distante, diz jornal

Dembelé tem apenas oito jogos na atual temporada e nenhum gol marcado - REUTERS/Vincent West
Dembelé tem apenas oito jogos na atual temporada e nenhum gol marcado Imagem: REUTERS/Vincent West

Colaboração para o UOL, em Santos (SP)

30/12/2021 04h00

"Mais fora do que dentro". Assim o jornal Mundo Desportivo trata a situação de Dembélé, que negocia a sua renovação de contrato com o Barcelona. A reunião realizada ontem (29) entre clube e empresário do jogador terminou sem acordo e com a permanência do atacante mais distante.

De acordo com o jornal espanhol, fontes do Barcelona admitiram que o encontro 'não ocorreu da maneira que eles esperavam' e que há pessimismo quanto à continuidade do jogador.

A questão é única e exclusivamente financeira. A reportagem aponta que as reivindicações financeiras feitas por Moussa Sissoko, representante de Dembélé, estavam longe da proposta do Barça, e que "o clube não escondeu a decepção com o resultado da negociação".

De acordo com o jornalista Gerard Romero, Sissoko pediu para Dembélé um salário de 40 milhões de euros brutos por ano, e um bônus de renovação de mais 20 milhões.

Vale lembrar que o Barcelona passa por uma grave crise financeira, o que dificulta ainda mais uma chance de acordo entre as partes. "Suas pretensões econômicas [de Dembélé] não condizem com o que o clube do Barça pode pagar", diz trecho da matéria.

Contratação mais cara da história do Barcelona (R$ 392 milhões na época), Dembélé tem vínculo apenas até junho de 2022, o que significa que já poderá assinar um pré-contrato com qualquer clube a partir de janeiro. Desta forma, o jogador de 24 anos corre o risco de deixar o clube catalão de graça.

Esporte