PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Atrasados e contrato de 2022 podem dificultar saída de Eder do São Paulo

Éder, atacante do São Paulo, treina no CT da Barra Funda - Fellipe Lucena/São Paulo FC
Éder, atacante do São Paulo, treina no CT da Barra Funda Imagem: Fellipe Lucena/São Paulo FC

Thiago Braga

Colaboração para o UOL, em São Paulo

25/12/2021 04h00

A diretoria do São Paulo segue trabalhando para fazer mudanças no elenco na tentativa de tornar o time mais competitivo em 2022. Um dos jogadores que têm futuro incerto no clube é o atacante Eder. Contratado no início do ano para ser a referência no ataque, o ítalo-brasileiro sofreu com as lesões e pouco atuou. Depois da chegada de Calleri, ele perdeu ainda mais espaço.

Com este cenário, a diretoria tricolor já sinalizou para o empresário do jogador que quer uma reunião para definir o futuro de Eder no Morumbi. Segundo apurou o UOL Esporte, o atleta pediu para que o encontro acontecesse depois das festas de final de ano. O problema para o distrato é que o contrato do atacante com o São Paulo vai até o final de 2022. O jogador até aceita a rescisão do vínculo, mas desde que receba pelo menos parte do que teria direito.

Além disso, o São Paulo deve quatro meses de direito de imagem e luvas para Eder. A informação foi revelada pelo site "Goal" e confirmada pelo UOL. Assim, para abrir mão do jogador, o clube do Morumbi terá de arcar com algo entre R$ 3 milhões e R$ 4 milhões.

Em 2021, Eder atuou em 29 jogos, totalizando 1119 minutos jogados, nas 29 partidas que esteve em campo. Mesmo sofrendo com as lesões, ele demorou 224 para marcar um gol pelo time. Ao todo, o camisa 23 balançou as redes adversárias cinco vezes. Em números absolutos, Eder terminou a temporada como o sétimo artilheiro do time. Em recente entrevista para o UOL Esporte, Eder afirmou que tem o desejo de permanecer no clube e brigar pela posição de titular.

Com isso, Eder ficou de fora de 22 dos 70 jogos feitos pelo São Paulo na temporada. Ao longo do ano, o atacante jogou 90 minutos apenas duas vezes, nas derrotas para o 4 de Julho, pela Copa do Brasil, e para o Red Bull Bragantino, pelo Brasileirão.

Em setembro deste ano, Eder chegou a se reunir com a diretoria do São Paulo para saber se estava nos planos da cúpula tricolor e teve resposta positiva. Para o ano que vem, o São Paulo já anunciou a contratação do lateral Raphinha e do goleiro Jandrei, além da renovação de Arboleda.

Futebol