PUBLICIDADE
Topo

Flamengo

OPINIÃO

Texto em que o autor apresenta e defende suas ideias e opiniões, a partir da interpretação de fatos e dados.

RMP: 'A palavra correta para definir o ano do Flamengo é 'decepcionante''

Do UOL, no Rio de Janeiro (RJ)

07/12/2021 04h00

O Flamengo se despediu de sua torcida nesta temporada com derrota para o Santos por 1 a 0, na noite de ontem (6), pelo Campeonato Brasileiro. O resultado deixou muitos rubro-negros insatisfeitos, e não faltaram críticas à equipe.

Na Live do Flamengo, transmitida pelo UOL Esporte após os jogos do time da Gávea, os colunistas André Rocha e Renato Maurício Prado comentaram a atuação e a temporada como um todo.

Logo após André Rocha comentar que não havia clima para festa no confronto, um espectador, através de um superchat, enviou uma mensagem classificando o ano do Rubro-Negro como "horrível". "Ano horrível. Apoio? Festa? Pra quê? Mais uma vergonha". André, por sua vez, logo discordou: "Ano horrível não foi. Ano horrível foi 2005, 2003, 2002. Aquilo foi ano horrível. Para resumir, eu só acho que não era para festa", disse.

Renato Maurício Prado, então, corroborou a ideia do companheiro de bancada, mas ressaltou que, com o elenco que tinha à disposição, o Flamengo, realmente, não fez uma temporada dentro do esperado.

"Só para a gente fechar essa história do ano. Sabe qual é a palavra que acho mais correta para definir o ano do Flamengo? Decepcionante. O ano do Flamengo foi decepcionante porque com o elenco que tem, com a expectativa que criou, com a janela que fez no meio do ano... Todo mundo chegou a dizer que foi a melhor janela, com David Luiz, Andreas Pereira e Kenedy. No final, foi uma decepção. Disputar os três campeonatos e perder os três é uma grande decepção, mas saí a 'ano horrível', eu acho um exagero. Respeito quem acho que foi horrível", apontou.

O colunista do UOL Esporte salientou que, após 2019, quando o time da Gávea conquistou o Brasileiro e a Libertadores, com um futebol vistoso, a exigência aumentou de nível:

"Acho que o que acontece é o seguinte: o sarrafo do Flamengo, para usar uma expressão que agora virou moda, ficou muito alto. Depois de 2019, o Flamengo não admite terminar o ano sem ganhar um grande título. 2019 foi o espetáculo que foi, 2020 foi salvo pelo Brasileiro conquistado pelo Ceni no último minuto, graças a anulação do gol do Edenilson, mas foi salvo. E 2021 a temporada é comprometida por isso porque os títulos foram o Carioquinha e a Supercopa do Brasil. Para um elenco desse tamanho eu acho que é decepcionante. Eu não concordo que o ano foi horrível".

A próxima edição da Live do Flamengo será na quinta-feira (9), logo após a partida contra o Atlético-GO, pelo Brasileirão. Você pode acompanhar a live pelo Canal UOL, no app Placar UOL, na página do Flamengo no UOL Esporte ou no canal do UOL Esporte no Youtube.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL

Flamengo