PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Professor vai de Recife a São Paulo de bicicleta em prol de projeto social

Professor José Luís Simões saiu de Recife (PE) rumo a São José dos Campos (SP) de bicicleta - Arquivo Pessoal
Professor José Luís Simões saiu de Recife (PE) rumo a São José dos Campos (SP) de bicicleta Imagem: Arquivo Pessoal

Bruno Braz

Do UOL, no Rio de Janeiro

07/12/2021 20h22

O quanto você já se sacrificou para ajudar ao próximo? Em Pernambuco, por exemplo, o professor José Luís Simões, de 49 anos, resolveu pegar sua bicicleta e partir de Recife (PE) rumo a São José dos Campos (SP) com o objetivo de arrecadar doações para o projeto social esportivo "Pirráias da Periferia", que atende na capital pernambucana mais de 300 adolescentes e jovens carentes nas comunidades Coque, Várzea, Morro da Conceição e Nova Descoberta com práticas esportivas, aulas de futebol e apoio psicopedagógico.

Mais conhecido como "Zé Luís" no Centro de Educação da UFPE (Universidade Federal de Pernambuco), o professor saiu de Recife no dia 22 de novembro e, no momento, se encontra no interior de Minas Gerais. Ele tem registrado o trajeto em seu Instagram (@professorzeluis) e pretende percorrer os quase 2.600 km até o próximo dia 12.

A escolha por São José dos Campos (SP) como destino final se deu também para encontrar sua mãe, que mora na cidade do interior paulista e não recebe a visita do filho há dois anos por conta da pandemia do coronavírus.

Projeto social "Pirráias da Periferia" atende meninas e meninos de comunidades em Recife (PE) - Divulgação - Divulgação
Projeto social "Pirráias da Periferia" atende meninas e meninos de comunidades em Recife (PE)
Imagem: Divulgação

O principal objetivo da campanha é obter materiais esportivos para os alunos. As contribuições podem ser entregues na recepção do Centro de Educação da UFPE. O local também está disponibilizando um PIX para quem quiser ajudar, assim como o perfil do projeto no Instagram (@pirraiasdaperiferia).

"O principal objetivo da viagem é arrecadar tênis, chuteiras e bolas para as crianças e adolescentes do projeto. Prometi que conseguiria para todos eles até o final deste ano e, com a ajuda de todos, espero cumprir com minha palavra. Toda forma de apoio será bem-vinda e contribuirá muito para o Pirráias", declarou Zé Luís, que é coordenador do projeto.

A missão do professor é arrecadar os recursos para serem entregues no "Festival Pirráias da Periferia", que acontecerá no dia 18 de dezembro já com o gancho do Natal e que terá jogos, competições e atendimento à comunidade na UFPE.

Projeto foi criado como parte das atividades acadêmicas

Projeto social "Pirráias da Periferia" atende mais de 300 jovens em comunidades carentes de Recife - Divulgação - Divulgação
Projeto social "Pirráias da Periferia" atende mais de 300 jovens em comunidades carentes de Recife
Imagem: Divulgação

Filho de trabalhadora doméstica e órfão de pai aos cinco anos, professor Zé Luís encontrou na educação a saída para mudar de vida e criou o projeto em 2008 com o objetivo de compartilhar esse sonho com crianças que têm uma história de vida parecida com a dele.

Inicialmente, o Pirráias da Periferia atendia somente jovens carentes do bairro da Várzea, onde fica localizada a UFPE e que serviu como parte das atividades acadêmicas dos alunos da universidade. Agora, o projeto foi ampliado para mais três comunidades.

Além de oferecer atividades esportivas gratuitas, os quase 30 voluntários - entre professores, pesquisadores, estudantes e lideranças comunitárias - também fazem um acompanhamento pedagógico e até aulas particulares aos que estão com mais dificuldades na escola.

O Pirráias da Periferia já foi fonte para diversas pesquisas científicas e artigos acadêmicos. Em 2018, o projeto virou HQ pela editora Liceu, com roteiro do professor Fábio Paiva, especialista no assunto.

Futebol