PUBLICIDADE
Topo

Real Madrid

C. Ronaldo foi a contratação mais barata do mundo, diz ex-cartola do Real

Cristiano Ronaldo atraiu uma multidão em sua apresentação ao Real Madrid em 2009 - AFP PHOTO / DANI POZO
Cristiano Ronaldo atraiu uma multidão em sua apresentação ao Real Madrid em 2009 Imagem: AFP PHOTO / DANI POZO

Do UOL, em São Paulo

07/12/2021 18h42

Cifras não explicam tudo no futebol, nem perto disso. Para o ex-presidente do Real Madrid Ramón Calderón, por exemplo, a contratação de Cristiano Ronaldo pelo clube merengue em 2009 foi uma pechincha.

"Pelos resultados que vimos, tanto pessoal como coletivamente, ter contratado o Cristiano Ronaldo para o Real Madrid foi uma aposta vitoriosa e um sucesso indiscutível", afirmou o ex-cartola em entrevista ao portal italiano "Tuttomercato".

Calderón presidiu o clube merengue por dois anos e meio, de julho de 2006 a janeiro de 2009. Cristiano Ronaldo só assinaria contrato com o Real cinco meses após seu mandato, mas ele jura que tudo já estava acertado com o Manchester United e com o atacante ainda durante a sua gestão.

"Foi uma oportunidade única que não podíamos perder. Não foi simples convencer o Manchester United, mas a decisão do jogador tornou as coisas muito mais fáceis. Na época, algumas pessoas diziam que pagar 94 milhões de euros ao United era dinheiro demais, mas acabou sendo a transferência mais barata da história", afirma Calderón.

A transferência de Cristiano ao Real Madrid foi a mais cara da história do futebol por quatro anos, até Gareth Bale se tornar seu companheiro de equipe em 2013. Atualmente, o recorde é a ida de Neymar ao PSG por nada menos do que 222 milhões de euros, em 2017.

Cristiano Ronaldo venceu 17 títulos importantes com o Real Madrid, além de prêmios individuais e as Bolas de Ouro de melhor jogador do mundo. Entre outras taças, ele foi tetracampeão da Champions League, tricampeão mundial de clubes e bicampeão espanhol com o clube merengue antes de sair para a Juventus em 2018.

Real Madrid