PUBLICIDADE
Topo

Futebol

OPINIÃO

Texto em que o autor apresenta e defende suas ideias e opiniões, a partir da interpretação de fatos e dados.

Mauro: Leila não quer pagar salários altos a jogadores pouco aproveitados

Do UOL, em São Paulo

06/12/2021 17h52

O Palmeiras optou pelas saídas dos veteranos Felipe Melo, de 38 anos, e Jailson, de 40, ambos que tinham contrato apenas até o fim da atual temporada e que tiveram passagens longas pelo clube, conquistando títulos importantes. Para Mauro Cezar, o movimento pela saída dos atletas tem a ver com a chegada da presidente Leila Pereira para comandar a gestão.

No podcast Posse de Bola #184, Mauro Cezar afirma que Leila Pereira, que assume a presidência no próximo dia 15, se incomoda com o pagamento de salários altos a jogadores que não são tão aproveitados no elenco e isso poderá ser uma tendência na administração do clube, o que considera importante.

"Me parece que isso é um movimento da gestão, do clube. A Leila Pereira eu acho que não vai querer ficar pagando salários altos a jogadores que não são tão aproveitados, acho que passa por aí também", diz Mauro Cezar.

"Com a concordância do técnico com toda a certeza, mas isso eu acho que deve mudar um pouquinho. Isso é uma informação, ela fica bem incomodada com salários altos de jogadores que não dão retorno técnico, que não são tão assíduos. Ela não vai falar isso, mas isso é uma informação", completa.

O jornalista afirma que se for exatamente esta a motivação para a decisão de abrir mão dos dois jogadores, é uma medida importante e profissional por parte da nova gestão do clube, até comparando com o que fez o Flamengo recentemente com as renovações de jogadores veteranos.

"Isso é extremamente importante, acho até que se for de fato levar dessa maneira, é uma visão de mercado, profissional. O cara não joga. Esse caso do Flamengo, por exemplo, o Diego Alves o que justifica uma renovação de contrato antecipada? Se machucou de novo. É um ótimo goleiro, agora, não tem sido tão regular, tão seguro, foi uma precipitação a renovação de contrato. O Diego Ribas, a mesma coisa, é uma discussão que deveria ser agora e não antes. Até o Filipe Luís pela questão física, ele não conseguiu jogar a final da Libertadores, como ele está? Isso tinha que ser discutido agora e o grande erro do Flamengo foi renovar antes", diz Mauro.

"Eu acho que o Palmeiras age corretamente sim, só tenho a impressão que isso vai um pouco além e se for isso mesmo, se for levado assim, eu acho correto, acho que essa é a relação. O cara quando está em alta não faz um belo contrato e renova? Aí o jogador fica veterano, já não joga mais, fica no banco, ele continua com aquele salário. Isso é bom para o clube? Essa discussão faz parte", conclui.

Posse de Bola: Quando e onde ouvir?

A gravação do Posse de Bola está marcada para segundas e sextas-feiras às 9h, sempre com transmissão ao vivo pela home do UOL ou nos perfis do UOL Esporte nas redes sociais (YouTube, Facebook e Twitter).

A partir de meio-dia, o Posse de Bola estará disponível nos principais agregadores de podcasts. Você pode ouvir, por exemplo, no Spotify, Apple Podcasts, Google Podcasts, Amazon Music e Youtube --neste último, também em vídeo. Outros podcasts do UOL estão disponíveis em uol.com.br/podcasts.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL

Futebol