PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Róger Guedes pede foco contra o Grêmio por vaga direta na Libertadores

Róger Guedes comemora gol do Corinthians contra o Ceará - Rodrigo Coca/Agência Corinthians
Róger Guedes comemora gol do Corinthians contra o Ceará Imagem: Rodrigo Coca/Agência Corinthians

Thiago Braga

Colaboração para o UOL, em São Paulo

05/12/2021 04h00

O duelo entre Corinthians e Grêmio, hoje (5), às 16h (de Brasília), na Neo Química Arena tem importância distinta para os dois clubes. Enquanto o Corinthians tenta garantir a vaga direta na fase de grupos da Libertadores, o tricolor gaúcho ainda luta para permanecer na Série A do Campeonato Brasileiro e uma vitória nesta tarde é fundamental para manter a esperança de se livrar do rebaixamento.

Embora a torcida alvinegra tenha preparado uma série de festividades para comemorar a possível queda do Grêmio, o atacante Róger Guedes pede que o time mantenha o foco no que mais importa para o Corinthians.

"Para nós, o que importa são os três pontos. O nosso objetivo maior na temporada é classificar direto para a Libertadores. A euforia a gente deixa para fora de campo, só estamos pensando nestes três pontos contra o Grêmio", afirmou o atacante.

Embora a torcida corintiana pense só na possível vingança de 2007, quando o Grêmio ajudou a rebaixar o Corinthians na última rodada, o técnico gremista acredita que o profissionalismo falará mais alto durante a partida na Neo Química Arena.

"Tem uma instituição por trás. Os mais apaixonados sempre vão querer retaliação por algo que aconteceu no passado, mas enfim, nós somos profissionais e sabemos que quem for melhor tem mais chance de sair vencedor. Vamos a São Paulo enfrentar o Corinthians e a torcida do Corinthians. Mas a torcida do Corinthians não vai jogar. É bom a gente falar sobre isso. Contra o Atlético-MG, a nossa equipe se comportou muito bem. A nossa esperança está constituída novamente em cima dessa apresentação. E o jogo mais importante do Grêmio e importante até para a história do clube. Não há motivação maior que essa", disse Vagner Mancini.

A declaração do comandante gremista serviu para inflamar ainda mais os torcedores corintianos, que não gostaram de ouvir que eles não entram em campo e, por isso, sua presença não seria tão decisiva.

"A Fiel é nosso 12º jogador. Acho que ficou bem claro que em casa temos apoio maior, é normal, a torcida é diferente de todas as outras", disse Róger Guedes.

Com a possibilidade de rebaixar o rival neste domingo, Róger Guedes revelou que terá problemas em casa por conta da possível queda gremista.

"Minha família inteira é gremista. Mas tinha carinho pelo Corinthians, tinha essa vontade de jogar aqui, meus empresários sabiam, neste ano tive outras propostas, mas queria vir ajudar o Corinthians, era um sonho que eu tinha", finalizou o atacante.

Enquanto o clube alvinegro é o quarto colocado no Brasileirão, com 56 pontos, o Grêmio ocupa a 18ª posição, com 39 pontos.

Futebol