PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Fala, Maurão: Neymar pode voltar de contusão e ter de brigar por posição

Colaboração para o UOL, em Santos (SP)

04/12/2021 04h00

Machucado, Neymar só volta ao PSG em 2022, e o cenário que o brasileiro pode encontrar em seu retorno foi um dos temas abordados por Mauro Cezar Pereira no quadro "Fala, Maurão". Na opinião do colunista do UOL Esporte, o atacante pode ter de brigar por posição quando estiver recuperado. O jornalista explica, ainda, como a saída de Neymar pode "ajudar" Maurício Pochettino.

"Neymar está machucado e, quando ele voltar, pode encontrar um time acertado, até porque a saída de Neymar vai facilitar, sob determinado ponto de vista, o trabalho do técnico Maurício Pochettino. Neymar, Mbappé e Messi são três jogadores que participam pouco do jogo sem a bola, jogam no ataque, buscando o gol. Você ter dois desses, você consegue equilibrar. Com três, fica muito difícil. O time fica muito desequilibrado", opina Mauro.

"Sem Neymar, Pochettino pode colocar em campo um homem que participe mais sem a bola, e existem opções de alto nível que possam fazer esse papel, e continuará contando com a força de um ataque absurdo com Messi e Mbappé", acrescenta.

Para Mauro Cezar, um eventual acerto do time sem Neymar pode fazer com que o brasileiro, pela primeira vez na carreira, passe a brigar por posição entre os titulares.

"Dependendo de como Pochettino conseguir ajustar essa equipe, o Neymar pode voltar da lesão e não ser visto como um cara fundamental entre os titulares, e ter que brigar por posição. Seria algo inédito na carreira do craque brasileiro, mas não é absurdo imaginar que isso venha a ocorrer, porque reunir vários jogadores de ataque no mesmo time, por mais que eles sejam talentosos, não basta, e não vai funcionar se eles não tiverem participação intensa nos momentos em que a bola estiver com o adversário", analisa.

"Neymar pode voltar de contusão e virar um reserva de luxo, pelo menos durante um tempo, por mais incrível que isso possa parecer", completa.

Esporte