PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Deyverson brinca e diz que tapa de Pitana na final está doendo até hoje

Deyverson simula agressão de árbitro na Libertadores - Reprodução
Deyverson simula agressão de árbitro na Libertadores Imagem: Reprodução

Colaboração para o UOL, em Maceió

04/12/2021 10h19

Classificação e Jogos

Deyverson e Néstor Pitana andavam lado a lado, já no segundo tempo da prorrogação da final da Copa Libertadores, quando o árbitro deu um tapinha nas costas do jogador palmeirense, que caiu no chão, como se estivesse morrendo de dor. Esse é um dos lances mais reprisados da vitória do Palmeiras sobre o Flamengo e continua repercutindo.

Em entrevista a Raphael Veiga na TV Palmeiras, Deyverson foi questionado sobre o que passou pela cabeça dele naquele momento.

"Passou [pela cabeça] ganhar um pouco de tempo e ajudar meus companheiros a respirar um pouco. Ganhei uns segundinhos ali… E ele bateu forte, estou com dor até hoje (risos)", brincou.

Ao Flow Sport Clube durante a semana, o atacante revelou a conversa que teve com o árbitro após o lance.

"Eu achei que era o Arão ou Matheuzinho [que tinham o atingido], e pensei: 'Vai que o VAR vê e ganhamos um vermelhinho'. Todo mundo já conhece o Deyverson, fui dar uma valorizada. Quando eu fui ver, ele [Néstor Pitana] veio até mim e perguntou: "Por que tu caiu?", disse.

"Depois eu disse: 'Você não viu ele me agredindo?'. E ele me respondeu: 'Não foi não, fui eu'. Eu falei: 'Vou te dar um amarelo então'. Ele riu e disse que era pra eu levantar que faltava só um minuto. É um juiz muito qualificado", acrescentou.

Futebol