PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Vagner Mancini sobre Corinthians x Grêmio: "Vai ser uma guerra"

Jeremias Wernek

Do UOL, em Porto Alegre

03/12/2021 00h06

Classificação e Jogos

O Grêmio venceu o São Paulo, pelo placar de 3 a 0, e segue com chance matemática de escapar do rebaixamento. Mas logo depois de vencer a partida em Porto Alegre, Vagner Mancini já começou a pensar no próximo duelo. E para o treinador, a partida de domingo (5), contra o Corinthians, terá cara de duelo mesmo.

O time gaúcho precisa vencer o Corinthians, fora de casa, para continuar vivo no Campeonato Brasileiro.

"Nós vamos lá para duelar. O futebol gaúcho tem muito disso e quero usar isso. Os jogadores que não são daqui, tem que incorporar isso. Domingo vai ser uma guerra. E nós vamos para a guerra", enfatizou o treinador do Grêmio.

O clima de decisão é pela matemática. Pura e simples. Com 39 pontos, o Grêmio ainda necessita (e muito) de duas vitórias contra Corinthians e Atlético-MG. Somente uma combinação grande de resultados paralelos pode permitir um empate e uma vitória na reta final do Brasileirão.

"Nós acabamos o jogo com a certeza de que o Grêmio consegue lutar até o fim. Se o jogo com o Corinthians vai ser plasticamente bonito ou feio, pouco me importa. Quero vencer. Hoje, não estamos mais focados na performance individual. Sei que a performance coletiva gera organização. Mas no domingo, prefiro que o time tenha uma performance favorável, com a vitória, independente da atuação, esquema tático", declarou Vagner Mancini.

Douglas Costa, que recebeu o terceiro cartão amarelo na substituição, está fora do jogo com o Corinthians. Bruno Cortez e Vanderson voltam após levar o terceiro amarelo e podem ser titulares outra vez.

Corinthians e Grêmio se enfrentam no domingo (2), às 16h (horário de Brasília). Na última rodada, o time gaúcho recebe o Atlético-MG.

Futebol