PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Deyverson revela diálogo com Néstor Pitana após tapa do árbitro

Deyverson simula agressão de árbitro na Libertadores - Reprodução
Deyverson simula agressão de árbitro na Libertadores Imagem: Reprodução

Do UOL, em São Paulo

02/12/2021 10h41

Classificação e Jogos

O atacante Deyverson, herói do Palmeiras na conquista da Copa Libertadores contra o Flamengo, revelou seu diálogo com Néstor Pitana após o tapa que o árbitro argentino deu nele nos minutos finais da partida.

"Eu achei que era o Arão ou o Matheuzinho [que tinham o atingido], e pensei: 'Vai que o VAR vê e ganhamos um vermelhinho'. Todo mundo já conhece o Deyverson, fui dar uma valorizada. Quando eu fui ver, ele [Néstor Pitana] veio até mim e perguntou: "Por que tu caiu?", disse o jogador em entrevista ao Flow Sport Clube.

"Depois eu disse: 'Você não viu ele me agredindo?'. E ele me respondeu: 'Não foi não, fui eu'. Eu falei: 'Vou te dar um amarelo então'. Ele riu e disse que era pra eu levantar que faltava só um minuto. É um juiz muito qualificado", acrescentou.

Além de comentar o lance que ganhou os noticiários ao redor do mundo, Deyverson falou sobre a sua fama de catimbeiro. Na opinião do jogador, ele é perseguido por algumas pessoas porque quando um jogador argentino faz a mesma coisa, a repercussão é muito menor.

"O jogador argentino é catimbeiro para diabo. Quando eles fazem [cera] ninguém fala nada, ninguém repercute nada. O Deyverson fez, FOD**. 'O Deyverson é presepeiro, 'O Deyverson se joga'", afirmou.

"O futebol hoje está com muito mimimi, muita palhaçadinha, não pode fazer nada. Eu vendo depois passei mal de rir [do lance com Pitana], porque não tinha visto que foi o juiz não, ele me deu um tapa e depois um soco", concluiu.

Futebol