PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Ele jogou no Liverpool e foi alvo do Flamengo. Agora é cantor de rap

Ryan Babel, atacante que hoje joga pelo Galatasaray, lançou sua autobiografia em um disco com oito faixas - OZAN KOSE / AFP
Ryan Babel, atacante que hoje joga pelo Galatasaray, lançou sua autobiografia em um disco com oito faixas Imagem: OZAN KOSE / AFP

Do UOL, em São Paulo

01/12/2021 04h00

Você se lembra de Ryan Babel? Ex-Liverpool no fim dos anos 2000, o jogador, que hoje atua pelo Galatasaray, está fazendo sucesso também fora dos gramados —e de um jeito inusitado.

Isso porque o holandês de 34 anos lançou, nos últimos dias, sua autobiografia. Até aí, nada de anormal: acontece que o conteúdo é apresentado em um disco de rap de oito faixas.

Jogador, hoje com 34 anos, usou a música para lançar sua autobiografia - Reprodução/Instagram - Reprodução/Instagram
Jogador, hoje com 34 anos, usou a música para lançar sua autobiografia
Imagem: Reprodução/Instagram

A ideia, segundo o jornal The Guardian, surgiu no início da pandemia de coronavírus. Perto de se aposentar e com contrato com os turcos até junho de 2022, Babel passou a dedicar parte de seu tempo livre (e confinado) para a música, uma de suas paixões.

"Meu objetivo era tentar fazer algo diferente, algo criativo e algo que nunca foi feito antes. Quando voltei ao Ajax, há pouco menos de dois anos, um jornalista me abordou e perguntou se eu estava disposto a iniciar o processo de redação de uma autobiografia. Minha sensação era que era um pouco cedo. Mas então entramos no primeiro lockdown, tivemos que ficar em casa e fiquei entediado", iniciou.

"E foi daí que surgiu a ideia. Pensei: 'por que não considero o conceito de autobiografia em formato musical?'. Então liguei para alguns amigos músicos aqui na Holanda para ver como eles estavam ocupados e expliquei o conceito. Eles ficaram muito animados", prosseguiu Babel ao jornal.

Nas canções, ele detalhou algumas curiosidades de sua carreira —que por pouco não teve o Flamengo no meio.

Babel quase virou Mengão

A história entre Babel e Flamengo se iniciou no meio de 2018, quando o atacante jogava pelo Besiktas e buscava um novo rumo para a carreira.

Depois de vender Vinicius Júnior para o Real Madrid, a equipe brasileira passou a mapeá-lo pelo CIM (Centro de Inteligência e Mercado).

Na época, as conversas avançaram ao ponto de haver uma espécie de acordo verbal entre as partes. O acerto, no entanto, ficou no quase, e ele foi parar no Fulham.

Três anos depois, Babel divide as funções de comandar o ataque do Galatasaray e fazer sucesso... no rap.

Futebol