PUBLICIDADE
Topo

Palmeiras

Weverton apostaria dinheiro e "todas as fichas" que Abel fica no Palmeiras

Goleiro Weverton e técnico Abel Ferreira conversam durante treinamento do Palmeiras - Cesar Greco/SE Palmeiras
Goleiro Weverton e técnico Abel Ferreira conversam durante treinamento do Palmeiras Imagem: Cesar Greco/SE Palmeiras

Diego Iwata e Eder Traskini

Do UOL, em Montevidéu (URU) e Santos (SP)

30/11/2021 12h00

O goleiro Weverton não tem dúvidas: Abel Ferreira ficará no Palmeiras. Em entrevista exclusiva ao UOL Esporte, o dono da meta palmeirense afirmou que apostaria dinheiro sobre a permanência do português na próxima temporada.

"Colocaria todo meu dinheiro nele, sem dúvida. Eu, Weverton, colocaria todas as minhas fichas que ele fica. Vou torcer para isso e espero não perder meu dinheiro (risos)", disse o jogador.

Abel Ferreira colocou em dúvida seu permanência no clube em entrevista após a conquista do bicampeonato consecutivo da Libertadores, o terceiro na história do Palmeiras, no último sábado (27) ao bater o Flamengo por 2 a 1 na prorrogação.

"Sou grato ao futebol brasileiro, ao Palmeiras. Não digo que a mentalidade é melhor ou pior, mas há muita margem para melhorar. O calendário é insano, desumano. O clube já demonstrou sua vontade, mas eu tenho de fazer uma reflexão com a minha família. Não consigo estar em [ritmo de] jogo, descanso e jogo. É desumano. Vou parar e refletir sobre o que for melhor para o Palmeiras", disse Abel.

O UOL Esporte apurou que existe inclusive a possibilidade de o português deixar o Palmeiras antes mesmo do Mundial de Clubes, marcado para fevereiro de 2022. Abel está cansado do pesado calendário brasileiro, além de sentir a pressão das fortes críticas por parte da imprensa e, principalmente, sentir falta da família — que segue morando em Portugal.

Weverton é fã

O goleiro palmeirense falou de toda sua admiração por Abel Ferreira durante a entrevista. Para ele, é só o início de uma carreira vitoriosa do português.

"O Abel é um cara muito trabalhador, que se dedica muito, que dá a vida pelo clube, deixou a família dele em segundo plano para se dedicar 100% ao Palmeiras. Eu vejo que é só o começo na trajetória dele. Não sei por quanto tempo ele vai ficar, é uma decisão totalmente dele, mas creio que tem outras coisas para boas na vida dele aqui e também na carreira dele porque ele é muito bom no que ele faz, ele é muito bom no que ele faz [ênfase]", afirmou.

"É muito inteligente, muito estrategista, sabe entender o jogo, sabe fazer um time jogar. Pra mim, isso é fundamental para um treinador e também outra coisa que é fundamental é ser gestor, ele é um excelente gestor de pessoas, isso faz com que ele consiga manter o grupo 100% focado em busca de seus objetivos", disse.

O goleiro ainda falou sobre a preparação especial que o português encaminhou antes do jogo contra o Flamengo, com o lema "defender o que é nosso", ou seja, o título da principal competição do continente.

"Ele fez algo que foi impressionante para todos nós, porque acho que tudo que envolve família tem um sentimento muito bom pra gente. Chegamos no quarto e ele levou coisas importantes, algo que fosse marcante pra gente, e pediu para nossas esposas entregassem e fizessem uma carta para nos dar. Vi muita gente no jantar comentando o quanto foi gratificante, e te faz lembrar de tantas coisas importantes. Depois um vídeo dos familiares com o lema "proteger o que era nosso", que é a Libertadores. Abel faz isso de uma forma sensacional e acho que isso traz muita motivação pra gente."

Palmeiras