PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Torcida do Galo lotou bares e fez foguetório, mas ainda não foi desta vez

Torcida do Atlético preparou a festa do título, mas vai ter de esperar um pouco mais - Pedro Souza/Atlético-MG
Torcida do Atlético preparou a festa do título, mas vai ter de esperar um pouco mais Imagem: Pedro Souza/Atlético-MG

Victor Martins

Colaboração para o UOL, em Belo Horizonte (MG)

30/11/2021 22h49

Classificação e Jogos

Um campeonato que não acaba nunca. Essa é a sensação do torcedor do Atlético-MG em relação ao Brasileirão de 2021. O time comandado por Cuca faz a segunda melhor campanha da história dos corridos, mas ainda não foi o suficiente para confirmar o título. Embora já tenha soltado o grito de campeão no Mineirão, o atleticano aguarda ansiosamente pela confirmação da conquista, que esteve perto de acontecer nesta terça-feira.

Como o Galo venceu o Fluminense no último domingo, por 2 a 1, o título poderia ser conquistado em caso de tropeço do Flamengo diante do Ceará, no Maracanã. Confiante, o atleticano lotou vários bares em Belo Horizonte. A aposta era de que o Rubro-Negro não teria forças para reagir três dias depois de perder a final da Copa Libertadores.

Por alguns minutos, o Atlético se sentiu campeão. O Ceará empatou a partida no segundo tempo, aos 25. O gol de Rick fez a parte alvinegra de Belo Horizonte explodir e até parecia que era réveillon na capital mineira, tamanha a quantidade de foguetes. Muitos gritos nas janelas dos apartamentos, buzinaço pelas ruas e avenidas da cidade e festa nos bares. O Atlético, enfim, seria campeão brasileiro.

Mas não foi desta vez. Quem já esperou por quase 50 anos pelo título nacional, terá de esperar mais um pouco. Pelo menos mais dois dias. A festa atleticana em BH não durou nem dez minutos, já que Matheuzinho fez 2 a 1 Flamengo, aos 33 da etapa final. Resultado que obriga o Galo a vencer o Bahia, na quinta-feira, na Fonte Nova, para confirmar a conquista.

São só dois dias até a bola rolar em Salvador, mas para o atleticano será uma eternidade até lá.

Futebol