PUBLICIDADE
Topo

São Paulo

São Paulo faz acordo com STJD e livra Calleri de punição por expulsão

Calleri é expulso após forte entrada em David Luiz na partida entre São Paulo e Flamengo - Transmissão
Calleri é expulso após forte entrada em David Luiz na partida entre São Paulo e Flamengo Imagem: Transmissão

Brunno Carvalho

Do UOL, em São Paulo

30/11/2021 19h46

Classificação e Jogos

O STJD (Superior Tribunal de Justiça Desportiva) aceitou a proposta feita pelo São Paulo para livrar o atacante Jonathan Calleri de uma possível punição por causa da expulsão contra o Flamengo. O argentino terá que pagar R$ 20 mil de multa, que será dividida em R$ 10 mil para a CBF e R$ 5 mil para a AACD (Associação de Assistência à Criança Deficiente) e outros R$ 5 mil para o hospital Cruz Verde.

O acordo entre STJD e São Paulo foi publicado primeiro pelo "ge" e confirmado posteriormente pelo UOL Esporte.

A possibilidade de um acordo, chamado de transação disciplinar, está regulamentado no artigo 80-A do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD). O item permite que o clube tente um acordo antes de o órgão levar o julgamento adiante.

Algo parecido aconteceu com Emiliano Rigoni, no fim de agosto. Na ocasião, o São Paulo teve que desembolsar R$ 45 mil para livrar o argentino de uma punição depois que ele foi expulso no jogo contra o Palmeiras por causa de ofensas proferidas contra a arbitragem.

No caso de Jonathan Calleri, a expulsão aconteceu logo aos 8 minutos da partida contra o Flamengo, em 14 de novembro, na partida válida pelo Brasileirão. O São Paulo acabou goleado por 4 a 0.

Com o acordo, Jonathan Calleri fica livre para defender o São Paulo nas últimas três rodadas do Brasileirão. O próximo compromisso da equipe tricolor será contra o Grêmio, na quinta-feira (2), pela 36ª rodada do Brasileirão.

São Paulo