PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Atacante de 17 anos homenageia avó depois de primeiro gol pelo Palmeiras

Giovani em ação pelo Campeonato Paulista - Cesar Greco
Giovani em ação pelo Campeonato Paulista Imagem: Cesar Greco

30/11/2021 23h19

O atacante Giovani, de 17 anos de idade, foi um dos destaques do jovem time do Palmeiras que enfrentou o Cuiabá, hoje (30), na Arena Pantanal, pelo Campeonato Brasileiro. Canhoto, o jogador atuou pela direita do ataque e infernizou o setor defensivo do Cuiabá, em especial o lateral Uendel. Abusou da velocidade, mantendo o padrão adotado pelo Abel Ferreira no time principal.

E foi dos pés de Giovani que saiu o segundo gol paulista. Após lançamento de Kuscevic, Gabriel Menino fez um leve desvio de cabeça em direção ao ataque. Ele, então, arrancou rumo ao gol. Na entrada da área, gingou na frente de Alan Empereur e deu um chute colocado e rasteiro no canto direito aos 29 minutos do primeiro tempo. Foi o primeiro gol dele como profissional.

No intervalo, ele deu entrevista ao canal Premiere e fez uma bela homenagem à vó. "Está sendo uma noite incrível para mim. Recentemente eu perdi minha vó. Lembro que falava para ela 'segura um pouquinho para me ver jogando no profissional'. Ela não está aqui, mas tenho certeza que está muito feliz no céu", declarou o atacante.

Essa foi a primeira partida em que Giovani atua no Brasileirão. Antes disso, ele já havia jogado dez vezes pelo Campeonato Paulista, com uma assistência, e também enfrentou o Defensa y Justicia pela Libertadores. O camisa 41 foi um dos jovens escolhidos para entrar em campo contra o Cuiabá, já que os principais atletas do elenco ganharam folga depois da conquista do tricampeonato da Libertadores.

Futebol