PUBLICIDADE
Topo

Fluminense

Um desesperado e outro rebaixado: os capítulos finais da saga do Flu

Bahia e Chapecoense: os dois últimos adversários do Fluminense no Campeonato Brasileiro - Lucas Merçon/Fluminense
Bahia e Chapecoense: os dois últimos adversários do Fluminense no Campeonato Brasileiro Imagem: Lucas Merçon/Fluminense

Do UOL, no Rio de Janeiro

29/11/2021 04h00

Classificação e Jogos

O Fluminense foi derrotado ontem (28) pelo líder Atlético-MG, por 2 a 1, e ficou em situação perigosa em sua busca por uma vaga na Copa Libertadores. O time está em sétimo lugar, mas pode ser ultrapassado pelo Ceará caso o mesmo vença o Flamengo amanhã (30) no Maracanã (RJ). Enquanto seca, o Tricolor se prepara para seus últimos dois jogos com cenários totalmente diferentes.

No próximo domingo (5), a equipe do técnico Marcão irá encarar um verdadeiro clima de decisão na Arena Fonte Nova (BA) que certamente estará lotada. O adversário será o Bahia, que luta desesperadamente contra o rebaixamento e chega embalado após um triunfo por 3 a 1 em "jogo de seis pontos" contra o Grêmio.

Na última e derradeira rodada, o Fluminense receberá a já rebaixada e lanterna Chapecoense, que tem apenas 15 pontos e conseguiu uma única vitória durante todo o campeonato.

Focado na missão, o técnico Marcão prefere ainda nem pensar em sua possível efetivação como treinador na próxima temporada:

"A gente está aqui sempre para ajudar, já deixei claro isso para o presidente, para vocês (jornalistas). Difícil para caramba esse Campeonato Brasileiro, a situação que a gente assumiu. Depois que a gente terminar e, se Deus quiser, com a missão cumprida, pois a expectativa é muito boa da gente atingir mais uma vez a Libertadores, depois, a gente senta e conversa. Marcão, hoje, está vivendo o dia a dia e vou ser bem sincero: não consigo pensar no ano que vem".

A atual colocação do Tricolor o coloca apenas na "pré-Libertadores". Para avançar diretamente à fase de grupos da competição continental é preciso ficar entre os cinco primeiros. No entanto, caso o Atlético-MG seja campeão da Copa do Brasil, o privilégio aumentará até o sexto.

Fluminense