PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Cristiano Ronaldo rebate editor-chefe da France Football: "Mentiu"

JOSE JORDAN / AFP
Imagem: JOSE JORDAN / AFP

Do UOL, em São Paulo

29/11/2021 16h17

Pipocou nos últimos dias uma fala de Pascal Ferré, editor-chefe da revista France Football, afirmando que a única ambição de Cristiano Ronaldo em seus últimos anos de carreira seria ganhar mais Bolas de Ouro do que Lionel Messi. Hoje (29) o craque português desmentiu o jornalista horas antes de ser eleito o sexto melhor jogador de 2021 pela revista.

"Pascal Ferré mentiu, usou o meu nome para se promover", rebateu o astro português. "É inadmissível que o responsável pela atribuição de tão prestigiado prêmio possa mentir desta forma, em absoluto desrespeito por alguém que sempre respeitou a France Football e a Bola de Ouro. E mentiu novamente hoje ao justificar a minha ausência da Gala com uma alegada quarentena que não tem nenhuma razão de ser", escreveu Cristiano Ronaldo em suas redes sociais (veja o texto completo mais abaixo).

É uma resposta à declaração de Ferré, que nesta semana deu entrevista ao jornal estadunidense The New York Times. "Ronaldo tem apenas uma ambição, que é se aposentar com mais Ballons d'Or do que Messi. E eu sei disso porque ele me disse", afirmou na ocasião.

A France Football é a revista responsável pela premiação da Bola de Ouro, que acontece hoje (29), em Paris. Cristiano Ronaldo já ganhou cinco destes prêmios, enquanto Messi chegou ao sétimo troféu hoje. Na edição de 2021, o português ficou com a 6ª posição entre os atletas mais votados.

"A maior ambição da minha carreira é conquistar títulos nacionais e internacionais pelos clubes que eu represento e pela selecção do meu país. A maior ambição da minha carreira é ser um bom exemplo para todos aqueles que são ou desejam ser jogadores profissionais. A maior ambição da minha carreira é deixar o meu nome escrito com letras de ouro na história do futebol mundial", afirma Cristiano Ronaldo.

O camisa 7 do Manchester United diz que sua atenção agora está no clássico contra o Arsenal, nesta quinta-feira (2). "O resto? O resto é apenas o resto", encerra.

Futebol